Socorro Waquim poderá ser em Timon a principal apoiadora de Alexandre Almeida em 2018

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Acima Socorro Waquim com Alexandre, tendo ao centro o assessor do deputado, Milanês,  e à direita o ex-deputado Sétimo Waquim, durante confraternização em dezembro último.

Não tem ninguém em Timon no meio da classe política torcendo mais pela candidatura do deputado Alexandre Almeida ao senado que o grupo Waquim. Caso o parlamentar timonense consiga a difícil missão de viabilizar seu nome para candidato a senador, os Waquins já decidiram: vão arregaçar as mangas e trabalhar como ninguém pelo nome dele em Timon.

A revelação desta disposição de trabalhar por Alexandre ao senado foi feita recentemente ao jornalista Elias Lacerda pelo próprio ex-deputado federal Sétimo Waquim, marido de Socorro Waquim e principal articulador da pré-candidatura da vereadora a deputada estadual.

O motivo de tanta empolgação com uma pré-candidatura de Alexandre ao senado é porque os Waquim são bonzinhos e se entendem muito bem com o deputado? Nada disso. Socorro Waquim e Sétimo apostam que Alexandre fora da disputa para deputado estadual, a ex-prefeita deverá ser a herdeira principal dos votos dele na oposição ao grupo Leitoa em Timon e dessa forma  potencializa e muito a candidatura dela rumo a Assembleia Legislativa do estado.

O problema na esperança dos Waquim  neste caso são apenas dois. O primeiro são as dificuldades do deputado Alexandre Almeida ser mesmo candidato ao senado, já que o projeto não depende só dele, mas de uma série de circunstâncias e ainda do aval do grupo Sarney que já tem dois pré-candidatos ao senador que são Lobão e Sarney Filho.

O segundo problema são os outros pré-candidatos a deputado estadual pelas oposições de Timon que estão de olho na saída de Alexandre Almeida do páreo para a Assembleia Legislativa. Henrique Júnior, do partido Podemos, é um dos que espera se beneficiar enormemente  com Alexandre fora da disputa para deputado estadual. Nome novo dos que mais cresce na cena política local, Henrique Júnior também tem as mesmas expectativas dos Waquim e aposta que ele sim será o beneficiado com o deputado fora raia da disputa para estadual.

Esperemos o desenrolar dos fatos…

7 cometários

Miguelim
Comentou em 09/01/18

A porca, dessa vez, enche o bucho mesmo… Kkkk…
Lamentável ver quem se xingava, falava mal um do outro, se difamava, nessa junção agora. Precisa disso pra derrotar a situação? Só pode ser…
Demagogia rola solto aí, meu caro!

Miguel
Comentou em 10/01/18

Vixi… Concordo com Miguelim…

É xará, tem razão: será que só assim para TENTAR derrotar a situação?
Desespero doido…

paulo
Comentou em 10/01/18

E o chico porca não e mais candidato ao Senado?

Silmar Braga
Comentou em 11/01/18

Já havia comentado essa possibilidade com meu amigo Irmão Mundico, após ter visto a presença de Socorro e família na confraternização de final de ano do deputado. Não acredito em dificuldades junto a família Sarney, acredito sim, que o nascedouro da estrategia de unir força em 2018 com vista a 2020 tenha sido justamente de lá.

Digo mais, a ideia é eleger uma deputada agora e fazer um prefeito em 2020.

Cabe a nós, que compomos o grupo de Luciano viabilizarmos a eleição de Rafael Leitoa para disputamos em 2020 com melhores condições.

leomarya
Comentou em 01/02/18

nem Leitoas nem waquim nem almeida tofora

Carlos Alberto
Comentou em 05/02/18

Leitoas na Cabeça…não tem pra ninguem…

alcemir
Comentou em 11/03/18

infelizmente, Alexandre se lascou

Deixe um comentário

Você pode ler também!

Não desperdice seu tempo e garanta sua hospedagem Dgi Cloud hoje!
TekyNik