Logo Elias Lacerda
                           Clínica São Rafael

Timon está incluída ! UEMA e governo do Maranhão farão pesquisa sorológica sobre infecção do novo coronavírus no estado

A Universidade Federal do Maranhão e Secretaria de Estado da Saúde do Maranhão realizarão uma pesquisa de Prevalência de Infecção por COVID 19 no Maranhão no período de 27/07 a 08/08/2020.

O objetivo geral da pesquisa será realizar inquérito populacional domiciliar por amostragem para estimar as prevalências de anticorpos contra o vírus SARS-COM-2 no Maranhão, bem como Estabelecer a extensão de acometimento nos municípios maranhense segundo porte populacional; Estimar a adesão da população as medidas de distanciamento social; Uso de máscaras, Distanciamento físico e higiene das mãos, entre outros.

De acordo a metodologia os municípios foram agrupados segundo o tamanho populacionais ficando os seguintes grupos: Grupo 1- Grande Ilha (4 municípios), Grupo 2-Municípios de até 20 mil habitantes (122 municípios), Grupo 3- municípios de 20 a 100mil habitantes (85 municípios) e Grupo 4- municípios com mais de 100mil habitantes (06 municípios (exceto São Luis), sorteado destes grupos 69 municípios e 120 setores censitários, incluindo Zona urbana e rural, contemplando 4.080 participantes nas 19 regiões de saúde).

Na região de Timon dois municípios participarão da pesquisa, Timon com 5 setores censitários, sendo 4 na Zona Urbana: Parque Piauí, Parque Alvorada, Parque São Francisco e Mateuzinho e Zona Rural são os povoados na região do Riacho do Pinto.

Outro Município sorteado foi São Francisco do Maranhão somente com um setor na Zona Rural.

Para realizar o trabalho a pesquisa vai contar com o dos Prefeitos e Secretários de Saúde dos municípios sorteados. Necessário se faz também o apoio da população quanto ao acolhimento aos técnicos que estarão batendo as portas para fazer uma entrevista e colher o material para o exame (sangue).

Os profissionais que estarão no campo realizando a pesquisa fazem parte do quadro de Recursos Humano da Regional de Saúde, Hospital Regional Alarico Nunes Pacheco e contarão com o apoio dos prefeitos e Secretarias Municipais de Saúde de Timon e São

Francisco.

A Coordenação ficará sobre a responsabilidade da Gestora Regional de Saúde-Florisa Batista de Carvalho Santos e Supervisionada pelas técnicas Clayre Anne Mota da Silveira-Coordenadora da Vigilância em Saúde da Regional e Bruna Ximenes da Secretaria de Estado da Saúde/SES/MA.

1 comentário

Rômulo Rocha
Comentou em 24/07/20

Só sugiro que a pesquisa tenha três momentos , o 1 no tocante a prevalencia na observação na circulação viral e produção de anticorpos /indivíduo. Referente a matéria supracitada .
2 momento a vacinação massal da população contra o covid 19 , isto para avaliar o mesmo grupo pra observar o comportamento dos anticorpos após o período de latência vacinal .
O produto biológico trara segurança maior para pessoas, os quais ficarão mais protegidos, descartsndo a reincidências em individuos que ficaram bom naturalmente.
Mas isso após a descoberta da vacina.
3 Descoberta de vircidas eficazes independe da fase da doença. Vale a pena analisar a curva de anticorpos.
Portanto , uma pesquisa bastante extensa que merece todo apoio governamental. Com certeza haverá o melhor protocolo para o tratamento ou profilaxia da doença .

Deixe seu comentário

Seu e-mail não será publicado.

*
*

Você pode ler também!

Não desperdice seu tempo e garanta sua hospedagem Dgi Cloud hoje!
Clínica São Rafael