Logo Elias Lacerda
                           Clínica São Rafael

Vereador Uilma Resende denuncia atraso nos repasses da prefeitura para a Mega On

Ao utilizar a tribuna na manhã desta quarta-feira, 10, o presidente da Câmara Municipal de Timon, vereador Uilma Resende, denunciou que a prefeitura de Timon está com um débito milionário com a empresa Mega On, responsável pela contratação de terceirizados para diversas secretárias, que segundo estimativas pode chegar a R$ 8 milhões e que por conta do atraso nos repasses os trabalhadores estão com até cinco meses de salários atrasados.
O parlamentar lembrou que antes do contrato com a empresa Mega On a prefeitura de Timon tinha contrato com uma cooperativa para efetuar a contratação de trabalhadores terceirizados, mas que a mesma foi retirada de Timon após investigações da Polícia Civil, Polícia Federal e Ministério Público.
Uilma Resende afirmou que esteve na sede da Mega On para verificar a situação e foi informado que no dia 21 de janeiro de 2021 a prefeitura de Timon havia feito o repasse referente ao mês de maio de 2020. “Se nós olharmos no contrato, contando com o décimo terceiro e mais o mês de janeiro, já dão nove meses de atraso, dois terços de um ano sem a empresa receber o pagamento”.
O vereador lembra ainda que durante o ano de 2020 a prefeitura de Timon passou boa parte do ano sem fazer contratações e com prédios fechados por conta da pandemia e que com isso a estimativa de economia foi de pelo menos R$ 800 mil mensais, somente com energia elétrica, fora outras despesas economizadas.
“A estimativa é que hoje o executivo municipal tem um débito de R$ 8 milhões com a empresa Mega On e para onde foi esse dinheiro? Nós não passamos um mês sem receber recursos. Pra onde foi? E é isso que nós iremos saber. Respeito? Tenho a todo mundo. Tratamento? Igual para todos, mas essa cobrança nós iremos fazer. É humilhante para um servidor ligar para alguém, onde ele está ocupando uma cadeira, está trabalhando, mas está dizendo ‘me dê uma cesta básica porque hoje eu não tenho o que comer’”, lamentou.
Uilma Resende informou ainda que a Câmara de Timon irá convocar representantes da prefeitura de Timon e da empresa Mega On para esclarecer essa situação para os vereadores e para toda a população timonense. “Nós vamos receber eles aqui e vão ter que dizer. Se eles não vierem aqui para prestar esclarecimento, vamos convidar eles com a presença do Ministério Público, do juiz, de quem quer que seja, estes esclarecimentos terão que ser dados aqui. São R$ 8 milhões só em atraso com a Mega On, pra onde foi esse dinheiro?”, questionou.
Da assessoria

4 cometários

DENIS SERVIO
Comentou em 10/02/21

Tá certo! É muito grave essa denuncia. Tem q ser esclarecido.

Uilma
Comentou em 10/02/21

A empresa vai ser chamada vereador ivan vai votar a favor ou contra ? Outra pergunta quem estava sendo atacado e não estava lá pra se defender ? Outra pergunta isso é uma denúncia ou um ataque ?

PAULO ROBERTO DE ANDRADE
Comentou em 10/02/21

Se estas denuncias forem verdadeiras, o vereador uilma também é culpado, pois passou 8 anos ao lado do prefeito e não denunciou, então porque só agora está denunciando?

Francisca Maria
Comentou em 11/02/21

É muito engraçado, o Vereador que até pouco tempo fazia parte do governo nunca fez uma denuncia contra, agora que passar de bom samaritano. Você vereador no minimo foi omisso se não posso dizer cúmplice. Basta te tanta Corrupção de ambas as partes.

Deixe seu comentário

Seu e-mail não será publicado.

*
*

Você pode ler também!

Não desperdice seu tempo e garanta sua hospedagem Dgi Cloud hoje!
Clínica São Rafael