Destaques

Vídeo: Cigana joga as cartas e diz que Michele Bolsonaro ficará viúva

A cigana Sulamita — conhecida nas redes sociais pelas previsões — fez uma tiragem de cartas sobre Michelle Bolsonaro para saber sobre o casamento dela com o ex-presidente, e o futuro na política após o episódio das joias sauditas de R$ 16,5 milhões.

Na tradicional forma de leitura, a cigana fez dois jogos simultâneos de nove cartas com dois baralhos distintos e fez questão de pontuar que sentia uma energia boa vindo do jogo, portanto também de Michelle.

A carta que chamou atenção de Sulamita foi a da ‘Temperança’, alusiva ao equilíbrio e que estava relacionada a carta da ‘Imperatriz’, no centro de um dos jogos. “Uma mulher de equilíbrio, de fé e de boas ações”, pontuou.

Além disso, Sulamita apontou uma outra carta também relacionada duas anteriores, a do ‘Imperador’, que representaria Jair Bolsonaro. “Já posso adiantar, nem vai precisar estender esse vídeo, não vejo a separação (deles). A não ser que eles baixem a frequência de energia deles”, revelou ela.

Na sequência ela falou sobre as cartas do ‘Julgamento’, que remete a Fé, a carta do ‘Louco’, do ‘Enforcado’ e a do ‘Diabo’. Segundo a cigana, essas cartas fazem relação às “más” energias recebidas por Michelle com o objetivo de acabar com o casamento dela (carta dos ‘Amantes’) e causar “destruição” (carta da ‘Torre’).

Veja o vídeo logo abaixo com as previsões da cigana

Carreira Política

Analisando apenas o segundo jogo de cartas tirado, Sulamita falou sobre a possibilidade de Michelle entrar para a política de alguma forma.

Com as cartas da ‘Dama’ e da ‘Aliança’ a cigana indica que Michelle fará muito pela política. A carta do ‘Cão’ também foi mencionada e representa a lealdade, fidelidade e princípios. “Ela vai fazer nome na política”.

No entanto, pela leitura, Sulamita indicou que Michelle não quer chegar à presidência (carta do ‘Urso’). “No entanto, vai continuar dentro da política sim”, previu. Pelas cartas da ‘Cegonha’ e dos ‘Peixes’, a cigana garantiu que haverão novidades para Michelle na política e cravou a candidatura dela para o Senado em 2026. “O cardume me vem como um cargo elevado da política”, explicou.

As últimas cartas citadas foram a da ‘Casa’ (representa a família), da ‘Torre’ e da ‘Morte’.

Analisando as cartas, Sulamita prevê que Michelle ficará viúva, apesar de não cravar quando isso pode acontecer e que ela sofrerá muito com isso (carta da ‘Torre’).

 

Do Correio Brasiliense

 

Faça um Comentário

Elias Lacerda

Elias Lacerda

Elias Lacerda
Jornalista apaixonado pela notícia e a verdade