HN Imobiliária
Destaques

Informes rápidos do eliaslacerda.com




Juiz de Timon elogia disciplina militar na formação dos jovens

A disciplina militar não poderia receber elogio de pessoa mais adequada para sua avaliação. Dias atrás, durante reunião com a presidente da Fundação da Criança e do Adolescente no Maranhão(Funac), Elizângela Cardoso, deputado Rafael Leitoa, o Delegado do Menor de Timon, Renato Cordeiro e a Secretária de Assistência Social, Rosário Leal, o juiz da infância e adolescência de Timon, Simeão Pereira e Silva, deu um testemunho que legitima o sucesso da disciplina militar na formação de nossos jovens.

Há anos responsável no judiciário local pela Infância e Adolescência, o magistrado contou que nunca aquela jurisdição foi acionada para resolver um problema com menor infrator que tenha passado pelo  Proerd- O Programa Educacional de Resistência às Drogas (Proerd) , trabalho feito nas escolas pelos militares em parceria com a Secretaria Municipal de Educação.

Pra quem acha que o depoimento não tem nada de significativo, basta dizer que somente na Delegacia do Menor Infrator de Timon foram registradas no ano passado mais de 350 ocorrências policiais.

O depoimento do magistrado é uma chancela forte que só valoriza e muito o Proerd e a sua função na formação educacional de nossos jovens.

Por tabela, quem ganha também pontos de valorização é a já conceituada Escola Militar Tiradentes V, instituição trazida para a cidade através de articulação do deputado estadual Rafael Leitoa e que ganhará novo prédio com a inauguração do Caic nesta terça-feira (26).

Na próxima quarta-feira (27) o Proerd de Timon promoverá mais uma solenidade de formação de alunos da rede municipal de ensino.

 

José Reinaldo e a avenida Piauí

Quem deverá está bem à vontade nesta eleição para pedir votos em Timon será o deputado federal e ex-governador José Reinaldo Tavares. Autor da emenda no valor de 9 milhões para o prolongamento da avenida Piauí,Reinaldo verá sua obra em andamento em plena campanha.

Pré-candidato a senador, José Reinaldo quer nas próximas semana fazer uma visita a Timon para conhecer de perto os serviços da obra que já foram iniciados.

O prolongamento da avenida Piauí poderá ser considerado a obra de maior destaque   na gestão Luciano Leitoa no setor de trânsito urbano, pois quando pronta se tornará um dos principais elo de ligação das zonas norte e sul da cidade.

 

Alegria e boas expectativas

Quem anda sorrindo com as paredes são os proprietários de imóveis no entorno do trecho da avenida que será prolongada. O empresário Cristiano Oliveira, dono da Casa Completa e o advogado e também empresário, Odonias Leal, são alguns deles.

Donos de imóveis em áreas que era totalmente isoladas, eles tem agora boas expectativas e sabem que suas propriedades serão muito valorizadas com a conclusão da avenida.

Odonias Leal confidenciou a um leitor do eliaslacerda.com que tem planos até de construir prédios de apartamentos no local tão logo a obra fique pronta.

 

Rafael Leitoa muito maior

Não precisa ser nenhum especialista nem se dedicar com profundidade para perceber que o deputado estadual Rafael Leitoa é fortíssimo pré-candidato a conseguir sua reeleição. Mesmo tendo como base principal Timon e o prefeito Luciano Leitoa e seu grupo, o parlamentar está se cercando de precauções que possam lhe garantir uma boa votação fora do colégio eleitroal timonense.

Afinadíssimo com o prefeito de Coelho Neto, Américo de Sousa, Rafael tem na cidade vizinha uma de suas expectativas de boa votação.

Mas se essas expectativas eram boas melhorou mais ainda nos últimos dias. Em suas últimas andanças do município ele recebeu novas adesões a sua reeleição.

Fora Coelho Neto o deputado tem recebido também importantes apoios em São Luis, Parnarama, Eugênio Barros, Coroatá e Paulo Ramos.

Para quem não tinha em 2014 praticamente nenhum apoio fora de Timon, neste ano fala-se que o deputado poderá está sendo apoiado em mais de 30 municípios.

 

O MDB e a sina dos caminhoneiros e carretas

Não fale em caminhoneiros e carretas perto da alta cúpula do MDB. O partido parece que tem uma sina quando se refere a essas palavras.

Primeiro foram os caminhoneiros que numa greve pararam o país e causaram prejuízos enormes a economia e balançaram o mandato do  presidente Michel Temer que quase foi derrubando do poder.

Na semana passada o MDB voltou a ter problemas com esse tipo de transporte. Agora no Maranhão. É que carretas com os materiais da ponte Central-Bequimão por pouco não atropela Roseana Sarney e seu grupo.

Com faixas e logomarca do governo do estado informando sobre o material da ponte que carregavam, as carretas incomodaram tanto o grupo Sarney que o MDB entrou na justiça eleitoral contra o governo Flávio Dino alegando propaganda eleitoral antecipada.

Flávio Dino não gostou nada e soltou nas suas redes sociais: ““Não consigo acreditar que agora a maldade das 3 famílias que mandaram no Maranhão se volta contra a tão sonhada Ponte Central Bequimão. Querem usar o Judiciário para impedir coisas boas para a população. Uma vergonha”, disse o governador.

 

O caos que virou a violência no Rio de Janeiro

O ministro do STF Luiz Fux durante julgamento no STF (Foto: Daniel Teixeira/Estadão Conteúdo)

Em razão da insegurança e da violência no Rio de Janeiro, o ministro Luiz Fux, do Supremo Tribunal Federal (STF), autorizou o Tribunal de Justiça do estado a antecipar o horário de expediente dos fóruns, a fim de evitar que juízes, servidores e advogados circulem à noite.

O ministro tomou a decisão na última quarta-feira (20), ao analisar uma ação apresentada pela Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB) e pela Associação Nacional dos Magistrados da Justiça do Trabalho (Anamatra).

Para as entidades, houve um “recrudescimento da violência” no Rio de Janeiro, e o risco de morte “aumentou exponencialmente”.

Na decisão, Fux autoriza a antecipação do horário desde que não seja reduzido o período de atendimento ao público.

Atualmente, o expediente nos fóruns, de segunda a sexta, vai das 11h às 18h. Caberá agora ao presidente do Tribunal de Justiça determinar o novo horário.

De acordo com o ministro, a decisão tem por objetivo “resguardar o direito fundamental à segurança pública de toda a população”.

“Em contextos de disfuncionalidade e excepcionalidade esta deve ser a tônica da atuação judicial: além de pacificar conflitos, o Poder Judiciário assume a função de promover o movimento das engrenagens institucionais e políticas em cenários de crise, concedendo, à luz das normas constitucionais e legais, respostas pontuais à flagrante violação de direitos fundamentais não só dos juízes, servidores e funcionários dos Fóruns, mas, também, dos advogados”, escreveu o ministro na decisão.

(Do G1)

Você pode ler também!

Deixe um comentário



Barro Forte