Presidente do TJMA presta solidariedade à juíza em que o advogado lhe deu voz de prisão em fórum de São Luis

Do blog do John Cutrim- O presidente do Tribunal de Justiça do Maranhão, desembargador Joaquim Figueiredo – acompanhado dos desembargadores Jorge Rachid, Raimundo Barros, e do presidente da Associação dos Magistrados, juiz Ângelo Santos – prestou solidariedade à juíza Andréa Lago, que sofreu ofensas do advogado Tufi Maluf, durante audiência no 1º Juizado Criminal de São Luís, da qual é a titular. Reveja a matéria do caso aqui.

“Esse gesto de apoio irrestrito à juíza Andréa Lago simboliza a união da Magistratura a qualquer forma de desrespeito ao Poder Judiciário, que agirá sempre no sentido de repudiar condutas que venham a ferir a dignidade dos magistrados no exercício da atividade judicante”, assinalou o presidente do TJMA.

Na ocasião, o presidente da Comissão Permanente de Segurança Institucional do Tribunal de Justiça, desembargador Raimundo Barros, e o presidente da Associação dos Magistrados do Maranhão, juiz Ângelo Santos também manifestaram repúdio às ofensas dirigidas à magistrada.

O ato de apoio à juíza ocorreu após a abertura da Semana de Valorização da Mulher, ocasião em que foi lançada a campanha “Todos Por Elas”, inspirada no movimento “HeForShe” criado pela ONU Mulheres, uma entidade das Nações Unidas para a Igualdade de Gênero e o Empoderamento das Mulheres.

2 cometários

Iranilton Carvalho
Comentou em 08/06/18

Espantaria se o apoio fosse ao causídico.

alan lopes de sousa
Comentou em 09/06/18

Nós que somos a sociedade, devemos prestar apoio é ao advogado que defende os direitos do cidadão. nossa justiça é cega e tem muitos erros!

Deixe um comentário

Você pode ler também!

Não desperdice seu tempo e garanta sua hospedagem Dgi Cloud hoje!
TekyNik