Logo Elias Lacerda
Clínica São Rafael

Acusado de matar empresária em Piripiri tinha várias passagens pela polícia

José Edgar Nogueira da Silva teve a prisão preventiva decretada e foi encaminhado para a Penitenciária Mista de Parnaíba. Um homem que participou do crime continua sendo procurado pela Polícia.

O homem preso suspeito de participar do assassinato da empresária Kariane Veras tinha outros cinco mandados de prisão em aberto, expedidos pela Justiça de Cocal, no Piauí, e nas cidades de Aracati e Jaguaruana, no Ceará.

José Edgar Nogueira da Silva teve a prisão preventiva decretada pela Justiça em audiência de custódia, na manhã desta quarta-feira (4), e foi encaminhado para a Penitenciária Mista de Parnaíba. Outro homem que participou do crime continua sendo procurado pela Polícia.

 

O suspeito foi localizado pela polícia em uma estrada a caminho de Cocal, a 102 km de Piripiri. O homem pilotava uma motocicleta roubada, e levava consigo os documentos e um aparelho celular que eram de Kariane, que haviam sido roubados no dia do assassinato. Ele tinha também uma pistola.

 

Imagens da audiência de custódia mostram que o suspeito estava com uma camiseta semelhante à que é usada pelo homem que atira contra a empresária. Um vídeo que mostra o momento do crime (assista acima).

Empresária assassinada em casa

A empresária do ramo de construção civil e alimentação, Kariane Veras, foi assassinada na noite de segunda-feira, 2, (reveja o caso clicando aqui),  no conjunto residencial Petecas III, em Piripiri, a 166 km ao Norte de Teresina.

José Edgar Nogueira da Silva foi preso na tarde dessa terça-feira (3) suspeito de participação no assassinato. Ele foi encontrado na cidade de Cocal, a 124 km de Piripiri, e preso pela Polícia Militar.

Kariane chegou a ser socorrida e conduzida ao Hospital Regional Chagas Rodrigues, onde não resistiu aos ferimentos e morreu. O caso está sendo investigado pela 2ª Delegacia de Polícia Civil de Piripiri.

 

Do G1 Piauí

1 comentário

Francisca Biú
Comentou em 06/05/22

Pena que não dá em nada, matou a empresária, já tem vários processos e, saí logo logo prá matar outras. Parece que a justiça não está funcionando.

Deixe seu comentário

Seu e-mail não será publicado.

*
*

Você pode ler também!

Não desperdice seu tempo e garanta sua hospedagem Dgi Cloud hoje!
Clínica São Rafael