Logo Elias Lacerda
Clínica São Rafael

Acusado de matar estudante de Caxias no centro de Teresina continua foragido e fonte garante: Ele não morava em Timon

O acusado de atirar no estudante Gabriel Brenno no centro de Teresina no último dia 17 continua foragido. O estudante faleceu na última terça-feira depois de passar seis dias internado na UTI do Hospital de Urgência de Teresina.

O acusado, Deivid Ferreira de Sousa(na foto acima), mesmo com prisão decretada, continua foragido. A polícia civil de Teresina tem feito várias diligencias com vistas a prendê-lo,  mas ele continua driblando os policiais.

Os policiais já sabem de tudo: Onde o acusado morava e até foto dele já foi divulgada com objetivo da população ajudar na captura.

O delegado Sergio Alencar, do 1º Distrito Policial, que cuida do caso, tem aconselhado ao acusado através dos meios de comunicação que se entregue, mas ele tem resistido.

Uma fonte do eliaslacerda.com, informou que o acusado não morava em Timon, como inicialmente muitos chegaram a informar. Mas tem familiares muito próximos que para preservar a segurança dos mesmos, não vamos divulgar.

Mesmo com familiares em Timon, Deivid Ferreira de Sousa, morava em Teresina. Sabe-se também que o acusado não é construtor, mas mestre de obra.

De acordo com a polícia, o crime foi passional. Gabriel estava tendo um caso com a esposa do acusado, mas segundo a mãe do estudante, ele não sabia que a moça era casada.

Veja abaixo um dos diálogos entre Gabriel e a suposta esposa do acusado através do aplicativo WhatsApp:

Deixe seu comentário

Seu e-mail não será publicado.

*
*

Você pode ler também!

Não desperdice seu tempo e garanta sua hospedagem Dgi Cloud hoje!
Clínica São Rafael