Logo Elias Lacerda
                           Clínica São Rafael

Polícia prende autor do primeiro assassinato em abril na cidade de Timon

Eduardo, vulgo 'Diamante', 19 anos, é autor confesso do homicídio contra Alisson

Eduardo, vulgo ‘Diamante’, 19 anos, é autor confesso do homicídio contra Alisson

A polícia civil já prendeu o autor do primeiro assassinato ocorrido em abril em Timon. O crime aconteceu ainda na segunda-feira, dia 3, mas o corpo só foi encontrado ontem, dia 4.

Tão logo tomou conhecimento do corpo encontrado na Vila Monteiro na tarde de ontem  04/04, uma equipe da DRH/Timon(Delegacia Regional de Homicídios), iniciou os trabalhos investigativos e logrou êxito após vigilância nas proximidades da residência do suspeito identificado por Eduardo Neves Batista, vulgo ‘DIAMANTE’.

Uma das armas do crime é essa garrucha usada por' Diamante' que calça bala calibre 38.

Uma das armas do crime é essa garrucha que calça bala calibre 38, usada por’ Diamante’.

Ao ser abordado, o acusado, que é autor confesso do homicídio, não esboçou reação e confirmou ter matado ALISSON na tarde de segunda-feira (03/04) onde efetuou o primeiro disparo com arma de fogo tipo garrucha.

alis

‘Diamante’ afirmou ainda que outros comparsas também atiraram na cabeça da vítima com revólver calibre .38.

Os nomes dos outros dois envolvidos estão sendo mantidos em sigilo devido as diligências ainda realizadas.

Veja matéria abaixo sobre a morte de Alisson quando o corpo foi encontrado ontem(4)
Alisson foi executado com 3 tiros na cabeçaPopulares encontraram o corpo de um jovem de 18 anos identificado como Alisson Rogério Silva, natural de Salgueiro-PE, atualmente morador da rua 4 da Vila Monteiro Zona Oeste de Timon.

Alisson estava sumido desde as 15 horas da segunda-feira(04/04) e na tarde de hoje, terça-feira(04) foi encontrado sem vida em um matagal localizado na avenida Parnarama próximo ao final da Avenida Tiúba.

Uma equipe da Delegacia de Homicídios esteve no local onde o corpo encontrado, e já deu inícios as investigações no sentido de elucidar o crime e prender o, ou os executores e entregá-los à Justiça.

Pela forma com a qual Alisson foi assassinado, com três tiros na cabeça, os policiais apontam que o crime tem características de execução.

(Do blog do Lucão)

Deixe seu comentário

Seu e-mail não será publicado.

*
*

Você pode ler também!

Não desperdice seu tempo e garanta sua hospedagem Dgi Cloud hoje!
Clínica São Rafael