Logo Elias Lacerda
                           Clínica São Rafael

A estratégica candidatura de Alexandre Almeida para o senado

Pouca gente deu importância ou até achou sem qualquer sentido o ex-prefeito de Caxias, Paulo Marinho, defender o nome do deputado estadual Alexandre Almeida para o senado. A declaração reproduzida no blog do Ludwig Almeida foi dada pelo ex-prefeito em sua residência quando recebeu o próprio Alexandre, Roberto Rocha e Waldir Maranhão  no último domingo (12).

Levantamento feito pelo eliaslacerda.com descobriu que a possibilidade é real e a manifestação de Paulo Marinho pelo nome do timonense não aconteceu à toa. Ela tem razão de ser e , claro, como no meio político ninguém é bobo para imaginar o contrário, foi dita com o consentimento de Alexandre Almeida que pode mesmo, dentro de uma estratégia política, sair candidato ao senado.

A eleição que se aproxima não será fácil para deputado estadual. Dos pré-candidatos timonenses, nem mesmo o deputado Rafael Leitoa, com o apoio do primo prefeito Luciano Leitoa, do ex-prefeito Chico Leitoa e ainda na base de Flávio Dino, tem eleição garantida. Alexandre Almeida e Socorro Waquim- os dois principais nomes da oposião em Timon, também terão dificuldades enormes para garantir uma vaga na assembleia.

Em conversa com o eliaslacerda.com já na manhã desta terça(14) Alexandre Almeida reconheceu que é sim seu plano B ser candidato a senador, mas discorda do titular do eliaslacerda.com quando este defende ser a eleição de 2018   difícil. “Acho que será a mais fácil para eu me reeleger”, defendeu, mas ninguém espera que ele pudesse dizer o contrário.

Na conversa o deputado timonense não quis adiantar sobre seu projeto para o senado, entretanto não precisa ser um expert em política para saber que seu plano estratégico é muito interessante para sua carreira política no município. Alexandre Almeida sabe que se for candidato a senador tem a possibilidade de conseguir uma boa votação nem Timon por ser da terra. Assim seu nome se mantém em alta junto ao eleitorado local e ainda com projeção na região do Leste Maranhense, bandas do Maranhão dona de um dos maiores colégios eleitorais do estado, mas carente representantes expressivos na esfera política do estado.

Sem compromisso de chegar a se eleger, claro, pela briga de gigantes que se travará lá em cima com nomes de peso como José Reinaldo , Weverton Rocha, Lobão e Sarney Filho,o foco do deputado sendo candidato ao senado seria 2020 para voltar a fazer uma nova investida  a rumo a prefeitura de Timon. Para tanto, em se concretizando a candidatura a senador precisará o deputado costurar agora um acordo com a oposição timonense, especialmente a vereador Socorro Waquim. Poderia o deputado apoiá-la para deputada estadual e assim amarrar um compromisso  dela para apoiá-lo novamente em 2020 para prefeito de Timon.

Resta saber como entraria na conversa e como seria contemplado o também pré-candidato a deputado estadual, o vereador Henrique Júnior, talvez o mais empolgado deles por uma candidatura no próximo ano e ávido por projetar seu nome no meio do eleitorado local. O vereador sabe que para manter-se na cabeça do eleitor é preciso que em todas as eleições daqui para a frente seja candidato. Como fez no passado e continua fazendo o deputado Alexandre Almeida.

Por enquanto é isso…

3 cometários

VALDIR SOUSA
Comentou em 14/11/17

SAINDO PARA SENADO OU ESTADUAL, MEU VOTO E GARANTIDO

Jesuíno Ferreira
Comentou em 14/11/17

Esse não ganha mais nem bingo de igreja! Candidato que aparece só em período eleitoral! O maior farsante q Timon já viu!

Miguel
Comentou em 14/11/17

Dessa artimanha, 2 coisas são certas: Alexandre sem mandato por alguns anos e Socorro eleita, já que não teremos concorrência…
Quanto ao dep. Rafael, este está eleito. Grande trabalho tem feito!
O ex-prefeito aí não era o que devia pensão? Cuidando dos bruguelinhos assim, quem dirá do povo, rapaz… 🙁

Deixe uma resposta para VALDIR SOUSA Cancelar resposta

Você pode ler também!

Não desperdice seu tempo e garanta sua hospedagem Dgi Cloud hoje!
Clínica São Rafael