DestaquesSaúde

Blitz tenta conscientizar Timon contra a dengue e chikungunya

Com os crescentes casos de dengue crescendo na cidade e na região por conta do inverno,  agentes de  combate às endemias da Secretaria Municipal de Saúde de Timon realizaram na manhã desta sexta-feira (24), uma blitz educativa “Todos Contra o Mosquito”, alertando para importância das ações que evitam a proliferação do Aedes Aegypti, transmissor da dengue, zika e chikungunya.

A ação foi realizada no cruzamento das Avenidas Teresina e Presidente Médici. Na abordagem aos condutores e transeuntes, os agentes explicaram que o combate ao mosquito também é uma responsabilidade de toda sociedade. Ações simples como não deixar água acumulada nos quintais já têm impacto na redução da proliferação do Aedes Aegypti.

“O maior foco de proliferação do mosquito está no quintais das casas. Eliminar os criadouros é a forma mais eficaz de combater o mosquito. Além das ações diárias que fazemos nas casas e terrenos, vamos intensificar também esse trabalho de conscientização, conversando com a população de que a luta contra a mosquito é de todos nós”, ressalta Dolamito Marques, coordenador municipal de Combate à Endemias.

 

Os agentes de endemias entregaram panfletos educativos aos condutores listando as “pequenas ações que podem acabar com os mosquito”. As principais são:

– Mantenha bem tampados tonéis e barris de água
– Não deixe água acumulada sobre a laje
– Mantenha as garrafas com a boca virada para baixo, evitando o acúmulo de água
– Pneus devem ser acondicionados em locais cobertos
– Feche bem os sacos de lixo
– Encha bem o pratinhos de vasos de plantas com areia até a borda
– Mantenha a caixa d’água bem fechada


Os condutores foram receptivos à ação dos agentes de endemias e reforçaram que o cuidado para evitar os criadouros do mosquito deve ser de todos.

“É importante ainda mais nesse período chuvoso, que a gente não descanse nos cuidados, olhando nossos quintais e evitando água parada”, disse o advogado Pablo Lima.

 

  Da assessoria

4 Comentários

  1. Aqui na rua 2 próximo ao Fórum eleitoral tá cheio de imóvel abandonado, tudo sendo reprodução de mosquito; a gente fala para os agentes de endemias, mas é igual falar para o mosquito: não fazem nada.
    Ficam a manhã toda debaixo da sombra aqui das árvores, lamentável.

  2. É uma região quente e húmida favorável a mosquitos. Eliminar 100% desse insetos é impossível. Eu já vi larvas inclusive dentro do esgoto urbano na água parada.

  3. Aqui na Travessa Timbiras existe terrenos e casas abandonadas servindo de critérios de mosquitos , esconderijos para roubos e abrigo pra dependentes químicos usar drogas . Aqui na minha casa apesar de todos os cuidados estou acometida por chicugunha. Lembrando que o dever de acabar com os focos é de todos e o mosquito não anda ou rasteja Ele voa.

Faça um Comentário

Elias Lacerda

Elias Lacerda

Elias Lacerda
Jornalista apaixonado pela notícia e a verdade