Logo Elias Lacerda
Clínica São Rafael

Defesa Civil de Timon elabora ações de prevenção para o período chuvoso

842A6864 (2)

Estratégias preventivas para evitar danos à população durante o período chuvoso de 2018 já estão sendo executadas e elaboradas pela Coordenadoria de Defesa Civil do Município. Os levantamentos e ações vão ser realizados em conjunto com a Superintendência de Limpeza Urbana (SLU), Agência Reguladora de Serviços Públicos Delegados ao Município de Timon (Agert), Ouvidoria do Município e secretarias municipais de Habitação, Saúde, Desenvolvimento Social, Meio Ambiente e Infraestrutura. Ações preventivas como limpeza de bueiros e intervenções de infraestrutura na cidade estão sendo realizadas durante todo o ano, e a ideia agora é intensificar e efetivar novas atuações, dentro do plano de contingência do município.

Nesta quinta-feira, 16/11, as secretarias e órgão envolvidos nas ações,, sob coordenação da Defesa Civil, estiveram reunidos para traçar os primeiros passos. De acordo com o coordenador da Defesa Civil, César Junior, a Prefeitura vai fortalecer as ações de contingência para o ano que vem. “De acordo com os monitoramentos realizados através de órgãos de meteorologia, a previsão é de que o período chuvoso de 2018 seja mais rigoroso do que o deste ano. Por isso, estamos em alerta para que não aconteça nenhum prejuízo para a população e que possamos evitar danos e não passar mais o que vivemos este ano, em que pessoas foram atingidas pelos estragos que a forte chuva do início do ano causou”.

842A6855

Alexandre Luz, superintendente da SLU, disse que esta foi a primeira reunião e que os próximos passos são levar ao gabinete do prefeito o plano que está em elaboração e acionar o Ministério Público para prestar apoio. “Queremos unir as forças para que a população seja assistida durante o período das chuvas. Vamos traçar planos para preparar a cidade e evitar os riscos, por isso já estamos limpando bueiros e galerias, assim evitaremos o acumulo de águas”.

A Ouvidoria do Município, junto com a Habitação e Semdes, vão atuar nas áreas onde há moradias de risco. “Queremos resguardar as famílias e evitar o pior, queremos deixá-las seguras”, finalizou o ouvidor, Rafael Costa.

842A6859

Deixe um comentário

Você pode ler também!

Não desperdice seu tempo e garanta sua hospedagem Dgi Cloud hoje!
Clínica São Rafael