Saúde

Irmãos adolescentes morrem afogados na praia de Maragogi: Corpos são encontrados abraçados

Os corpos dos dois irmãos que morreram afogadas em Maragogi na segunda-feira (17) foram encontrados abraçados por mergulhadores no fundo do mar da Praia de Peroba. O IML de Maceió liberou os corpos de Gabriel Bernardo Leal, de 11 anos, e Gustavo Bernardo Leal, de 15 anos, nesta terça-feira (18).

Ao g1, o coronel Clemens, comandante de Operação no Interior do Corpo de Bombeiros, explicou que essa é uma prática comum quando as pessoas estão se afogando.

“Eles se abraçaram em meio ao desespero. Tínhamos ali um garoto de 15 e um outro de 11, o mais novo. Possivelmente o mais velho tentou salvar o mais novo. Em um situação como essa é muito difícil manter a calma. Tem o psicológico, o medo”, afirmou.

Gabriel e Gustavo vieram de São Paulo para passar férias em Alagoas. Eles estavam em Maragogi desde o domingo (16). Acompanhados do pai e de um primo, eles decidiram fazer trilha pelo mar, com a maré baixa, mas foram surpreendidos pela maré cheia e a força da correnteza.

Durante a tentativa de retornar para a costa, Gabriel e Gustavo foram arrastados pela força do mar. O pai conseguiu salvar o sobrinho, um adolescente de 16 anos, mas os irmãos não resistiram. Os corpos dos dois foram encontrados por mergulhadores de Maragogi a 5m de profundidade.

“Aquela região ali é pouco habitada no inverno, tem mais casa de veraneio e um fluxo baixo de pessoas nesse período do ano. A Praia de Peroba é uma praia tranquila, não tem ondas e aí os turistas se sentem mais tranquilos. Mas, apesar de ser uma praia tranquila, a maré enche e vaza, tem desnível de terreno também”, disse o coronel do Corpo de Bombeiros de Alagoas.

 

Faça um Comentário

Elias Lacerda

Elias Lacerda

Elias Lacerda
Jornalista apaixonado pela notícia e a verdade