Logo Elias Lacerda
Clínica São Rafael

Líder comunitária critica o uso da oração do Pai Nosso em escola da prefeitura de Timon

Leitora assíduo desta página, uma líder comunitária dos bairro Vila do Bec e Planalto Boa Esperança, ligou para o jornalista Elias Lacerda para denunciar que alunos da escola José Ribamar da Silva estão sendo orientados a rezarem o Pai Nosso, antes do início das escolas. A escola da rede municipal de ensino da prefeitura de Timon, fica na Vila do Bec.

Pedindo para não ter seu nome revelado, ela conta que viu pessoalmente na manhã desta terça-feira (26) os alunos todos perfilados e juntos com os professores rezando o Pai Nosso. “O estado não é Laico? Como pode a rede municipal impor uma religião para seus alunos?  Será que a Secretária Municipal de Educação, Dinair Veloso, sabe disso ? Eu não tirei fotos por se tratarem de crianças e quis preservá-las”, disse a denunciante por telefone.

Em todo o país já houve polêmica em torno do uso da oração do Pai Nosso em escolas púlicas. Em Campo Grande, capital do Mato Grosso do Sul, em 2016 o Ministério Público proibiu por recomendação o uso da oração com os alunos nas escolas sob pena de ajuizar Ação Civil Pública contra a gestão educacional da cidade. O promotor na recomendação como fundamento o fato de que pela Constituição Federal o estado é laico, ou seja, um estado que não tem religião e sendo assim, como a escola é pública e paga por todos os contribuintes, não se justifica tal situação.

Com a palavra a Secretaria Municipal de Educação de Timon…

19 cometários

carlos albukerke
Comentou em 26/02/19

Vai caçar o que fazer, tem coisas mais importantes para se preocupar.

Rosario
Comentou em 26/02/19

Essa criatura mão tempo.que fazer é, se fosse pra dançar ou usar droga tudo bem. Mas rezar a oracao do Pai-Nosso e MTA falta do que fazer mesmo. Quer mídia ? Morre deixe de inventar

Francitânia Brito
Comentou em 26/02/19

Sou funcionaria ha 22 anos e a favor de rezar o Pai Nosso, Ave Maria e cantar os hinos civicos na escola. Nao se pode obrigar os alunos a faze-lo, mas pode-se incentivar os q nao tem nenhum impedimento. Uma lider comunitaria com essa consciencia? Complicado!

Juniel
Comentou em 26/02/19

Essa mulher deveria procurar o que fazer.

Edvan Araujo
Comentou em 26/02/19

Vivemos em um Estado laico mas a sua predominância é Cristã. É uma pena vermos pessoas como essa senhora criticar uma ação como esta da Gestão da Escola citada. Se todos buscassem mais a Deus não teríamos tanta violência entre os homens, pois so Cristo é quem dar a verdadeira paz. Espero ė que a atitude da escola seja seguida por outras. Só assim poderemos ter uma sociedade mais humana.

Claudia Feitosa
Comentou em 27/02/19

É verdade, se as pessoas se preocupassem com os outros não haveria tempo para a discórdia.

Binha
Comentou em 26/02/19

Qual o problema orar o pai nosso? Não faz mal a ninguém.

Hugo Jardel (@Esquisitofiloso)
Comentou em 26/02/19

A prática de rezar o “pai nosso” remete a uma prática religiosa, contudo, se não houve imposição ou se qualquer aluno não se sentir contemplado, o mesmo deve reclamar junto a coordenação da escola. Legalmente o Brasil é laico, mas a formação cultural do Brasil é católica. O ensino religioso como disciplina escolar é ofertado em todo o território com amparo da LDB 9394/95 e da BNCC do ensino fundamental. Portanto, rezar por si só não configura crime. Se a pessoa for de um credo não cristão ou ateia, a mesma deve reclamar junto a coordenação para que não haja obrigatoriedade do ato da reza e nem o constrangimento por se recursar a rezar, pois como dito na reportagem, o Estado é laico!

Cristina
Comentou em 26/02/19

A maioria das escolas da rede pública ou particular fazem a oração do pai nosso, pois a maioria a conhecem como uma oração universal. É cada uma viu…

Will
Comentou em 26/02/19

Respeito em suma toda averbação feita pela “líder comunitária”, afinal estamos sobre jurisdição de um Estado Democrático de Direito em que todos tem direito à voz, e usando desse direito sinto a obrigação de falar em favor da Referida Escola.
Estamos em um mundo em que sobrevivemos reféns de todo tipo de violência e atrocidade, Não obstante podemos denotar veiculações de todas em nosso meios de comunicação em massa! Deixo-vos uma reflexão: O que a oração do Pai Nosso faria de Mal às nossas crianças? Nenhum mal, do contrário, é um modelo de oração que auxilia para a vida. Dito isto, desejo informar a qualquer pessoas que sou fonte fidedigna quando digo que, a EMEF José Ribamar da Silva, jamais imputou obrigatoriedade de religião em seus afazeres pedagógicos, inclusive está previsto no regimento interno da propria instituição de Ensino esse direito a livre escolha religiosa do aluno, creio que, tudo se explicaria caso a lider comunitária entrasse em contato com as gestoras, no mais, muito obrigado!

Claudia Feitosa
Comentou em 26/02/19

Seria ótimo se as pessoas realmente vivessem o que a oracao do Pai Nosso nós orienta. Só haveria amor. Parabéns EMEFJRS.

Izaias Filho
Comentou em 26/02/19

Tá certinho.. e se tá achando ruim, se fosse eu como diretor ainda botava pra cantar o Hino Nacional antes de iniciar as aulas, todo dia!!..

Benedito
Comentou em 26/02/19

Isso é falta de ocupação dessa pessoa.
A oração do Pai Nosso, e universal, e não significa imposição religiosa.
É muuuuuito preferível que as crianças aprendam uma oração, às letras das músicas horrendas, que somos Obrigados a ouvir diariamente, e ninguém reclama nada às autoridades. Aliás, a secretaria de meio ambiente, até concede licenças, para que” paredões” de som, nos bombardeie com suas aberrações estridentes.

Ivo martelinho de ouro
Comentou em 27/02/19

Me admiro esse blog um dos mais visto em Timon publicar uma besteira dessa dar crédito para uma pessoa que critica uma oração do pai nosso para os alunos no minimo essa pessoa deve ser ateu. Parabéns Gestores Professores vcs são exemplo para a Educaçao .

DENIS
Comentou em 27/02/19

Sou cristão evangélico, mas acho q tem coisa mais importante pra se pensar e mudar nas escolas públicas. Deixa o “Pai Nosso”! Porque como diziam os mais velhos: “se num fizer bem, mal é que num vai fazer”.

BENEDITO DAS CHAGAS VELOSO
Comentou em 27/02/19

Bom dia a todos! Com todo respeito ao Líder Comunitário, mas infelizmente a sua colocação sobre o Pai Nosso não fora bem aceita. Tendo em vista que pertencemos a um País democrático e além do mais o Pai Nosso é a oração que Deus nos ensinou. Esta oração não prejudica ninguém, pelo contrário fortalece a alma para aqueles que tem fé. Posso afirmar que os alunos que praticam essa oração a tendência é construir um mundo melhor, sem violência e de outros males que estão prejudicando a nossa sociedade. Te afirmo senhor Líder Comunitário, rezar o Pai Nosso é melhor do que cantar música Funk

Avelino Filho
Comentou em 27/02/19

É melhor rezar o Pai nosso, cantar o hino do Município, hino do Estado e hino Nacional do que se drogar nas escolas.
Quem é contra o Pai nosso nas escolas não pode ser uma pessoa do bem.

Aluebe Araujo
Comentou em 27/02/19

Pai, perdoa a Líder Comunitária, ela não sabe o que diz.

Antonio Sousa
Comentou em 28/02/19

Isso é coisa de quem nâo tem o que fazer mesmo. Se tivesse não estaria preoculpada com isso. Mal amada e sem Deus no coração.

Deixe um comentário

Você pode ler também!

Não desperdice seu tempo e garanta sua hospedagem Dgi Cloud hoje!
Clínica São Rafael
TekyNik