Logo Elias Lacerda
                           Clínica São Rafael

Mutirão da catarata beneficiou 250 pessoas em Timon na última sexta(9)

Aconteceu na última sexta-feira (09) em Timon, mais um mutirão de cirurgia de correção da catarata. A doença, que afeta a visão, pode ser corrigida com um procedimento considerado simples e que exige apenas anestesia local e nem precisa de internação do paciente. A ação é uma iniciativa do Governo, Hospital Alarico Pacheco em parceria com Secretaria Municipal de Saúde e Regional de Saúde.

Para a ação o Governo disponibiliza a equipe cirúrgica e todo o equipamento específico para a realização da cirurgia, no Hospital Alarico é disponibilizada toda estrutura e logística dos profissionais e o município realiza as triagens feitas por meio de consultas. Foram beneficiados pacientes de toda Região de Saúde de Timon (Timon, Parnarama, Matões e São Francisco).

“Hoje, a maioria dos pacientes já estão passando da terceira idade. São pessoas que foram triadas das cidades de Timon, Parnarama, Matões e São Francisco e veja a importância dessa ação, em poder devolver a visão desses usuários através do procedimento. Então agradecemos ao Governo do Estado, ao Hospital Alarico Pacheco e Regional de Saúde, por estarmos juntos neste momento importante”, afirmou o gestor municipal de saúde, Márcio Sá.

Para o procedimento, aproximadamente 345 pessoas passaram por uma triagem que ocorreu na Policlínica. “O processo tem início com o atendimento na Policlínica, com aferição de pressão e medição da glicemia capilar para verificarmos se estão dentro do padrão recomendado para o procedimento cirúrgico”, explicou Oglaide Noleto.

Foram selecionadas 250 pessoas para fazer o procedimento cirúrgico que ocorreu na estrutura do Hospital Regional Alarico Pacheco, percentual definido de acordo com o volume da população das quatro cidades atendidas.

A patologia

A catarata é uma opacidade do cristalino (lente natural do olho). As pessoas que possuem catarata têm a visão nublada, como se olhassem por uma janela embaçada ou enevoada. Essa visão nublada pode tornar mais difíceis tarefas como ler, dirigir um carro ou interpretar a expressão das pessoas. Com o tempo, a catarata acabará por interferir na visão.

Em um primeiro momento, iluminação mais forte e uso de óculos podem ajudar a lidar com a catarata. Mas se a visão prejudicada interfere com as atividades normais, é necessário fazer a cirurgia de catarata.

(Da assessoria)

Deixe um comentário

Você pode ler também!

Não desperdice seu tempo e garanta sua hospedagem Dgi Cloud hoje!
Clínica São Rafael