Logo Elias Lacerda
                           Clínica São Rafael

Adolescentes da Funac de Timon participam da nova etapa do projeto ‘Capitães de Areia’

Segunda etapa do Capitães de Areia aconteceu via internet (Foto: Divulgação)
Segunda etapa do Capitães de Areia aconteceu via internet (Foto: Divulgação)

A Fundação da Criança e do Adolescente (Funac) participou ontem (terça,6) da apresentação da segunda etapa do Projeto Capitães da Areia, com presença de adolescentes dos Centros Socioeducativos da Região dos Cocais em Timon, semiliberdade e provisória, da diretora técnica Lúcia Diniz e da coordenadora Eunice Fernandes, pela plataforma Google Meet.

A Funac integra, desde 2019, o Projeto Capitães de Areia, uma iniciativa e articulação da Vara da Infância e Juventude e o 11º Batalhão de Polícia Militar do Maranhão (PMMA) de Timon, em parceria com os Centros Socioeducativos de Semiliberdade e Provisória de Timon e Creas do Município, entre outros parceiros.

A diretora técnica, Lucia Diniz, lembra com alegria das ações do projeto. “Participamos do retorno do Projeto Capitães de Areia, que significa para Funac uma grande oportunidade de inserção na área do esporte, e contribui muito ao desenvolvimento pessoal e social dos adolescentes que cumprem medida socioeducativa, principalmente neste período de pandemia, em que as ações com parceiros ficaram restritas. Parabéns ao sistema de justiça por essa iniciativa tão importante para o fortalecimento do atendimento socioeducativo”, comenta.

A coordenadora Eunice Fernandes comenta que as atividades do Projeto Capitães de Areia retornam em um momento oportuno para socioeducação. “As medidas socioeducativas necessitam dessas ações articuladas em rede para motivar a permanência dos adolescentes e jovens nos programas socioeducativos. As ações vão oportunizar ao seu público acesso ao esporte, à cultura, profissionalização, entre outras atividades, contribuindo para inclusão e formação de valores positivos”, pontua.

Da assessoria do governo do Maranhão

1 comentário

CÉSAR WILLIAM
Comentou em 08/07/21

CAPITANIA DAS LETRAS

Bravo! Um projeto cujo título é inspirado em uma das mais belas obras da nossa literatura, tem no mínimo duas coisas muito importantes: sensibilidade e apreço às letras. Que os meninos e meninas desse projeto sejam capitaneados pelos humanizadores que estão à frente dessa brilhante iniciativa. Na obra “Capitães da Areia”, de Jorge Amado, os adolescentes enfrentam a fome, consequência de famílias esfaceladas ou nunca existentes, governantes indiferentes à multiplicação dos “capitães” nas ruas de Salvador e a varíola. Hoje, há 84 anos da publicação da primeira edição da referida obra, “capitães”, em todo o Brasil já não enfrentam a varíola, mas a Covid-19. Quanto aos outros entraves, continuam quase os mesmos e outros ainda piores. Portanto, adolescentes, jovens que tiverem o privilégio de serem realmente capitaneados pelo projeto CAPITÃES DA AREIA, não titubeiem, sejam destemidos como Pedro Bala, sem bala, mas com caneta, disciplina, dedicação, criatividade e fala.

Deixe seu comentário

Seu e-mail não será publicado.

*
*

Você pode ler também!

Não desperdice seu tempo e garanta sua hospedagem Dgi Cloud hoje!
Clínica São Rafael