Logo Elias Lacerda
                           Clínica São Rafael

Após decreto estadual, Carnaval é proibido em Timon e secretário de Dinair faz apelo aos timonenses

Acima veja aspecto do Zé Pereira 2019 realizado em Timon; Pré-carnaval também está suspenso.

A partir desta segunda-feira (25), após decreto assinado pelo governador Flávio Dino, as festas de carnaval estão proibidas em todo Maranhão. Em Timon as comemorações, como prévias, matinês e bailes foram suspensas ainda no último dia 16 de janeiro. O objetivo é evitar aglomerações e conter o avanço do coronavírus.

Por causa do decreto estadual, as festas em Timon, que seriam proibidas a partir de 1º de fevereiro, também estão suspensas a partir de hoje. O secretário municipal de Governo, João Batista (foto logo abaixo) faz um apelo para que os timonenses cumpram as medidas e não façam as chamadas “festas clandestinas”.

“Existe uma aumento dos casos de Covid-19 em toda região. Em Timon não é diferente. É necessário que a gente tome todas as medidas para conter esse avanço da pandemia. As medidas que impedem a realização do carnaval, Zé Pereira e outros eventos que vão gerar aglomeração, são decididas no intuito da gente baixar o índice de transmissibilidade do coronavírus na nossa cidade e não sobrecarregar nosso sistema de saúde, como o que tem acontecido em Manaus”, explica.

O secretário pede ainda que a população continue fazendo o uso de máscara, mesmo quem já recebeu doses da vacina contra a Covid-19. “A população tem que continuar nos ajudando com os meios de não fazer aglomeração, higienização e uso de máscara. Mesmo que a gente tenha uma oferta maior de vacina, irá persistir a necessidade das medidas preventivas contra o coronavírus”, acrescenta. A fiscalização do cumprimento das medidas serão feitas pela Vigilância Sanitária Municipal, Guarda Civil Municipal, Departamento Municipal de Trânsito – DMTRANS, Procon, Superintendência de Limpeza Urbana e Secretaria Municipal de Meio Ambiente, todos atuando em conjunto com Vigilância Sanitária Federal e Estadual, da Polícias Militar e Civil.

Até este domingo (24) em Timon foram confirmados 12.629 casos de coronavírus 197 óbitos.

 

Com informações da assessoria

3 cometários

Prof.Gregório
Comentou em 25/01/21

Do que adianta não executarem o Zé Pereira???
Enquanto todas as festas na cidade e interior correm normalmente as aglomerações??

Prof.Gregório
Comentou em 25/01/21

Para a não expansão da COVID é necessário campanhas de conscientização para a população em rádio e Tv…
E uma mega operação na cidade zona rural em restaurantes, bares e clubes de festas…Aí sim teremos resultado.
Agora só cancelar o Zé Pereira não resolvi nada.

Rômulo Rocha
Comentou em 26/01/21

Suspeitamos que as agências bancárias de Timon sejam fortes permanentes de transmissão do vírus(covid-19), devido as aglomerações e as superfícies de contato.
A saída é colocarmps postos com caixas eletrônicos em outros locais da cidade , a exemplo : padarias, farmácias, câmaras de vereadores dentre outros, que os quais faciitem o acesso ao público .

Deixe seu comentário

Seu e-mail não será publicado.

*
*

Você pode ler também!

Não desperdice seu tempo e garanta sua hospedagem Dgi Cloud hoje!
Clínica São Rafael