Logo Elias Lacerda
                           Clínica São Rafael

Assista ao vídeo: Usando máscaras, aliados de Bolsonaro fazem carreata em Teresina pedindo o fim do isolamento social

  • Untitled-3.jpgDivulgação
  • Untitled-2.jpg

Vestidos de verde-amarelo e usando máscaras, ocupantes de mais de mil carros tomaram toda a extensão da avenida Raul Lopes neste domingo (19), durante a “Carreata pelo Trabalho”, numa ação do Movimento #precisamostrabalhar Teresina, de pessoas contra as medidas  de isolamento social impostas pelos decretos municipal e estadual em Teresina e no Piauí. Organizada por apoiadores do presidente Jair Bolsonaro, eles pregam o isolamento vertical e o retorno às atividades.

A concentração começou na avenida Zequinha Freire, depois a carreata seguiu pela avenida João XXIII e passou pela Raul Lopes. Em seguida passou em frente ao quartel do 25 Batalhão de Caçadores.

Um dos mobilizadores, o major da Polícia Militar Diego Melo, filiado ao Patriotas, presidente da Associação dos Oficiais da PMPI, destaca que a ação foi organizada pelo whatsapp e é contra os desvios de recursos públicos, mas também contra a fome e o desemprego.

“Realizar carnaval com dinheiro público e 15 dias depois Decretar Calamidade Pública e Isolamento Radical Horizontal por mais de um mês em nossas cidades e em nosso Estado, sem informações básicas que possam subsidiar qualquer decisão, foi um erro dos gestores que milhões pagarão caríssimo, com muitas vidas, empregos, saúde física e psicológica, e um caos social que se agirmos rápido, talvez ainda possamos evitar”, destaca o oficial.

Em live realizada durante a carreata, o major Diego, afirma que a população quer retomar suas atividades. Ele condena as medidas de restrição.

“Isso é o povo querendo voltar a trabalhar. Pelo fim dos decretos pretorianos, abusivos que impedem as pessoas de exercer seus direitos fundamentais e constitucionais. As pessoas que forem molestadas em seus direitos, devem denunciar. Não podemos ficar inertes, só dentro de casa. É preciso um isolamento vertical, seletivo, retorno gradual às atividades, deixando em casa somente os grupos de risco e os doentes sintomáticos e assintomáticos. Teresina está toda reunida contra essas medidas abusivas”, destaca.

Pedido de intervenção militar

Diego afirma que os grupos apoiadores do presidente Jair Bolsonaro estão realizando carreatas desde o meio-dia em diferentes pontos de Teresina e em todo país. “Foi um chamamento do Vem para Rua nacional que mobilizou todos os estados”.

Ele afirma que uma parte do grupo é a favor da intervenção militar e pede a derrubada dos poderes legislativo e judiciário.

“Parte do grupo pede intervenção militar porque enxerga nessas medidas adotadas um viés para a derrubada do presidente Jair Bolsonaro. Esse grupo está em frente ao 25 Batalhão de Caçadores do Exército, porque acreditam como única saída para barrar os governantes dos estados, senadores e deputados que querem quebrar o país e assim derrubar o presidente”, explica o patriota, afirmando não concordar plenamente com essa visão.

 

Do portal cidadeverde.com

Deixe seu comentário

Seu e-mail não será publicado.

*
*

Você pode ler também!

Não desperdice seu tempo e garanta sua hospedagem Dgi Cloud hoje!
Clínica São Rafael