Destaques

Brasileiro foi detido em Portugal com carne humana na bagagem; Saiba quem é ele

Begoleã Fernandes foi preso em Portugal por carregar carne humana na mala. Nas redes sociais, ele é chamado de “aprendiz de Jeffrey Dahmer”

Begoleã Fernandes é o brasileiro que foi preso no aeroporto de Lisboa, em Portugal, na última segunda (27/2), por carregar carne humana na mala. Ele pretendia embarcar para Belo Horizonte, em Minas Gerais, mas levantou suspeitas do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) por apresentar um cartão de identidade italiano e portar documentos em nome de terceiros, conforme as informações do jornal português Correio da Manhã ( veja matéria inicial sobre o assunto clicando aqui).

De acordo com as redes sociais de Begoleã, ele frequentou a Escola Estadual Waldomiro Mendes De Almeida, em Matipó, Minas Gerais. Após terminar o ensino médio, ele foi aprovado no curso superior de odontologia, em 2018, no Centro Universitário Univértix.

Em interação na publicação sobre o ingresso do acusado no curso de odontologia, uma pessoa disse que ele era “aprendiz de Jeffrey Dahmer”, em referência a um assassino em série dos Estados Unidos que matou 17 homens e garotos, entre 1978 e 1991.

Sua conta no Facebook reúne mais de 1.200 amigos e diz que ele trabalhou em uma empresa em Matipó, sem dizer em qual função ou mesmo qual o nome da companhia. Begoleã é solteiro. Ainda na descrição, o perfil aponta que ele mora em Amsterdã, na Holanda.

Desde 2020 até o presente momento, ele exerce duas funções muito distintas em diferentes locais: ele é pintor, marceneiro e metalúrgico na Rota 262. Obviamente como uma brincadeira, Begoleã também se apresenta como presidente da República do Brasil.

Luto por “irmão”

Entre as publicações, há o lamento sobre a perda de um amigo ou irmão mais velho no ano de 2015, não fica claro o grau de proximidade entre ele e o falecido.

“Meu irmão, meu irmãozinho mais velho se foi! Você sabia o quanto eu te amava, com as nossas diferenças e nossas brigas, nunca guardávamos mágoa um do outro, sempre voltamos a conversar logo depois [risos]. Me lembro como se fosse ontem de nossa infância naquela roça tão simples, mas sempre tão feliz. A gente andava de bicicleta, dirigia o trator, andava no meio do mato descalço. É, realmente é a melhor infância possível, te amo. Você tem agora a liberdade que tínhamos naquela época ai, com papai do céu!”, diz o texto da publicação.

O Instagram de Begoleã é privado. Seu Twitter, que mostra que ele é torcedor do Atlético Mineiro, com a capa do “Galo de Elite” não tem postagens e mostra que ele ingresso na rede social em 2013.

 

Do Metrópoles

Faça um Comentário

Elias Lacerda

Elias Lacerda

Elias Lacerda
Jornalista apaixonado pela notícia e a verdade