Logo Elias Lacerda
                           Clínica São Rafael

Caminhada mobilizou Timon pela proteção à crianças e adolescentes

_EDI4709

18 de maio marca Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes

“Acho que a caminhada serve para mostrar aos que praticam violência contra crianças vejam o mal que estão fazendo. Então nos mobilizamos para alertar a sociedade”, diz a aluna Maria Eduarda, da Unidade Escolar Luís Miguel Budaruiche, empolgada durante a Caminhada de enfrentamento ao abuso e à exploração de crianças e adolescentes, que aconteceu neste sábado (18) pelas ruas de Timon.

_EDI4716

A caminhada promovida pela Prefeitura de Timon, por meio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social (Semdes), foi iniciada na Avenida Tiúba e seguiu até o Campo do Jacira, com a participação de centenas de alunos das escolas municipais entoando gritos de guerra alertando aos moradores por onde passavam para proteger as crianças e adolescentes, bem como alunos das faculdades parceiras e os profissionais das secretarias municipais.

_EDI4706

A campanha, que acontece anualmente todo 18 de maio para alertar e também mostrar como denunciar, culminou com o encerramento das atividades que foram realizadas durante toda a semana nas escolas, Cras, Creas e pontos estratégicos da cidade. “Uma semana foi dedicada para panfletagem, debates, a caminhada e exposição de cartazes nas escolas, para dizermos todos juntos não a essa violência e abuso sexual contra crianças”, explicou a secretária da Semdes, Rosário Leal.

_EDI4720

A ação contou com a parceria do Conselho Municipal de Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA), Secretaria de Educação, de Saúde, de Esporte, Lazer e Juventude, Ministério Público, Juizado, Polícia Militar e Civil, Corpo de Bombeiros, ICRIM, Guarda Municipal, DMTRANS e Conselho Tutelar I e II.

_EDI4718

_EDI4639

_EDI4634

_EDI4705

18 de maio

A data foi escolhida pelo caso conhecido como o “Crime Araceli”. Esse era o nome de uma menina de apenas oito anos de idade, que no dia 18 de maio de 1973 foi sequestrada, violentada e cruelmente assassinada no Espírito Santo, por jovens de classe média alta. Apesar da gravidade dos crimes, nenhum dos envolvidos foi punido. A partir da aprovação da Lei Federal nº 9.970/2000, a data ficou instituída como o “Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes”.

 

Da assessoria

Deixe seu comentário

Seu e-mail não será publicado.

*
*

Você pode ler também!

Não desperdice seu tempo e garanta sua hospedagem Dgi Cloud hoje!
Clínica São Rafael