Logo Elias Lacerda
                           Clínica São Rafael

Campanha deve acirrar disputa entre grupos de Alexandre Almeida e Socorro Waquim

Quem viu a campanha eleitoral de prefeito em 2016 talvez tenha imaginado que o grupo do deputado estadual Alexandre Almeida e o de Socorro Waquim pudessem ser unidos e com propósitos muito parecidos. Puro engano. A aliança de Alexandre com os Waquim colocando Ulisses Waquim como vice foi , na verdade, apenas uma situação circunstancial para combater um adversário comum a ambos: o prefeito Luciano Leitoa e o grupo Leitoa, detentor do poder no município.

Passada a eleição onde saíram derrotados nas urnas, os grupos de Alexandre e Socorro Waquim logo voltaram as suas posições de divergências. A campanha eleitoral deste ano  que começou na última quinta-feira (16) deve expor todas as divergências entre eles com mais clareza.

Sem praticamente manterem diálogo, as diferenças entre os dois grupos se acirraram neste ano após Socorro Waquim anunciar que seria candidata a deputada estadual e  decidir por apoio aos candidatos ao senado Lobão e Sarney Filho. Segundo fonte dos Waquim, o MDB de Socorro Waquim nunca foi procurado para dialogar apoio a Alexandre Almeida sobre a candidatura dele ao senado e por isso tomou tal decisão.

Os aliados de Alexandre negam e em contrapartida resolveram lançar o vereador Antunes Macedo pelo PSDB. A intenção é garantir palanque a Alexandre Almeida para o senado e Roberto Rocha ao governo em Timon. Mais que isso: querem mostrar que o deputado Alexandre Almeida continua sendo a a segunda força política na cidade governada por Luciano Leitoa.

A vereadora,ex-prefeita Socorro  Waquim tem evitado embates com os ex-aliados de campanha de 2016. Mas a situação vai ficar difícil segurar.

Na semana passada em pronunciamento na Câmara Municipal o vereador e candidato a deputado estadual Antunes Macedo (PSDB) mostrou o quão o embate será inevitável. Num ataque claro a gestão da ex-prefeita Socorro ele disse que as obras de esgotamento sanitário de  Timon foram feitas de cabeça pra baixo onde se enterraram milhões de reais sem resultado prático para a população.

Ataque mais direto na companheira de Câmara do que isso impossível.

Na mesma semana coube ao deputado estadual e pré-candidato a deputado federal Edilázio Júnior a contrapartida. No evento de lançamento da candidatura de Socorro Waquim Edilázio Júnior em discurso na presença da ex-governadora Roseana disse que alí, naquele palanque estavam os verdadeiros aliados da filha de Sarney e não outros que no passado lhe chamou de “minha Rainha”. Mais direto ataque a Alexandre Almeida não poderia ser.

Enquanto isso, nos bastidores as divergências entre os integrantes dos dois grupos seguem a todo vapor. É a política e sua dinâmica…

Deixe um comentário

Você pode ler também!

Não desperdice seu tempo e garanta sua hospedagem Dgi Cloud hoje!
Clínica São Rafael