Destaques

Em guerra contra o crime, Piauí quer novo presídio com 2 mil vagas

O Governo do Piauí, solicitou através da Secretaria de Justiça (Sejus), ao ministro Flávio Dino (PSB), a construção de um novo complexo penitenciário no estado. Segundo o secretário coronel Carlos Augusto (MDB), a previsão é de que a estrutura fique localizada na região da cidade de Altos.

O pedido foi feito durante uma reunião entre Flávio Dino, Carlos Augusto, o vice-governador Themistocles Filho (MDB), deputado federal Marcos Aurélio Sampaio (MDB) e o secretário do MDS Osmar Júnior (PCdoB) em Brasília, na última semana.

O projeto apresentado pela equipe solicitou ao ministério a construção de sete novas unidades, na lógica de complexo prisional. A previsão é de que as novas estruturas vão proporcionar 2.058 novas vagas no sistema prisional do Piauí.

“Eu acredito que vai acontecer”, ressaltou o secretário. “Será uma nova penitenciária com unidades, haverá os pavilhões no complexo, colocaremos uma triagem na entrada para classificar para qual local serão encaminhados”, destacou.

Além disso, a Sejus também pediu ao ministério recursos para dar início à reforma e ampliação de outras três unidades prisionais, o que proporcionará a abertura de 882 novas vagas.

“Tal investimento promoveria a abertura de 2.940 novas vagas em prol do Sistema prisional piauiense e de toda a sociedade”, reforça o projeto apresentado a Flávio Dino.

Marcos Aurélio Sampaio também avaliou que a reunião com Flávio Dino foi positiva. Para o deputado, a estruturação do sistema prisional é fundamental para fortalecer a segurança do estado.

“Pedimos mais recursos para o sistema penitenciário para serem abertas novas prisões, até porque a Secretaria de Segurança, com os delegados, está fazendo um belíssimo trabalho de repressão ao crime. Então, precisamos que o sistema penitenciário bom, digno e a gente tenha um local adequado”, declarou.

Em Brasília, a comitiva também foi recebida pelo ministro do Desenvolvimento Social, Wellington Dias (PT).

 

Do cidadeverde.com

2 Comentários

  1. Acreditamos que mais empregos (públicos e privados ), e investimentos específicos na educação desde da infância até à pós – graduação seriam ideais, ao contrário de fazermos sistemas prisionais pra pagar bandido pra ficar preso . Saibamos que cada cidadão brasileiro paga pela estadia do marginal . Além, do retorno desse para sociedade de forma pior do que entrou no sistema.

  2. Alguém tem notícias de novas escolas sendo construídas,de indústrias pra gerar emprego disso não se tem nada,vão construir presídios pra colocar pessoas que vão ficar ociosas e fazendo mestrado e doutorado no crime e ficar às custas de quem trabalha todos os dias.

Faça um Comentário

Elias Lacerda

Elias Lacerda

Elias Lacerda
Jornalista apaixonado pela notícia e a verdade