Confira ! Assassinato de sobrinho de Sarney foi próximo a uma câmera de videomonitoramento

 

Assista ao vídeo acima

O publicitário Diogo Adriano Costa Campos, sobrinho-neto do ex-presidente José Sarney, assassinado no fim da manhã desta terça-feira (16), após uma discussão no trânsito na Lagoa da Jansen em São Luís, morreu embaixo de uma câmara de videomonitoramento implantado pela Secretaria de Segurança Pública do Maranhão (SSP/MA), vinculado ao Centro Integrado de Operações de Segurança (Ciops).

O videomonitoramento possui mais de 200 câmeras instaladas em São Luís, e por coincidência, quando o carro da vítima (um Kwid da Renault) foi fechado em frente ao bar Por Acaso pelo veículo do autor dos disparos de arma de fogo (Argo Vermelho) tudo estava sendo filmado pela câmera da SSP-MA.

Com a ajuda dos vídeos, a Superintendência Estadual de Investigação de Homicídios e Proteção a Pessoa (SHPP) já identificou o assassino e faz buscas para capturá-lo. Inicialmente, alguns veículos de comunicação noticiaram que o autor do crime teria sido preso, mas a informação foi desmentida pelo secretário de Segurança do Estado.

No vídeo acima é possível verificar o poste de cor azul no qual fica instalada a câmera de videomonitoramento e logo abaixo o corpo de Diogo já coberto por um lençol branco.

 

Do blog do Domingos Costa

4 cometários

Francisca Biú
Comentou em 17/06/20

Muito triste, tão jovem, nossos sentimentos a família enlutada

JAYLSON FERREIRA
Comentou em 17/06/20

MEUS PÊSAMES A FAMÍLIA,

José Élcio Coelho de sousa
Comentou em 17/06/20

Muito triste o episódio. Quantas vidas não são ceifadas no Brasil devido a brigas de trânsito. Um rapaz que tinha uma vida pela frente com a família. Outro tão jovem também que tinha uma vida normal pela frente. Mas andava armado. Será se tinha porte de arma. Com certeza não. Meu saudoso pai sempre dizia: Quem mata não ensina e quem morre não aprende. A brutalidade falou mais alto. Agora vai se enrolar com os lençóis da justiça. A família da vítima meus sinceros pêsames e sentimentos.

Jose Luis R.
Comentou em 18/06/20

Brutalidade e covardia.
A vida já não vale mais nada.

Deixe um comentário

Você pode ler também!

Barro Forte