Destaques

Eleições 2024: O recado de Carlos Brandão para Matões e Coelho Neto

O governador Carlos Brandão pode ter jogado luz em uma dúvida que paira sobre a cabeça de muitos aliados dele no estado, a de saber como deverá ser o posicionamento político do chefe do executivo estadual nas eleições municipais do próximo ano, nas cidades onde oposição e situação são aliados do governo do estado.

Principal cabo eleitoral do estado, Brandão é a aposta de muitos que desejam seu apoio para ser eleito prefeito no pleito do próximo ano.

Mas a recente declaração do governador ao jornal O Globo parece que diz muito sobre como ele deverá se posicionar nos municípios onde oposição e situação são seus aliados. “Existe a possibilidade de que eu não participe da eleição. Na maioria dos municípios, eu tenho os grupos políticos ao meu lado. Então, será que vale a pena? Dos 42 deputados estaduais, 42 me apoiam. Então para que eu vou entrar em uma briga dessa? Prefiro fazer parceria com aqueles que ganharem”, disse o governador.

A frase jogou luz em cidades como Matões e Coelho Neto, por exemplo, onde oposição e situação que vão para a disputa são aliados do chefe do executivo estadual. Joga luz e um choque de realidade em muitos.

Acima o pré-candidato Nonatinho (camisa azul) com o prefeito Ferdinando Coutinho

Em Matões Gabriel Tenório, que espera um apoio de Brandão para enfrentar o articulado e influente pré-candidato Nonatinho Medeiros, deve arquivar essa esperança, pois sabe que a deputada estadual Cláudia Coutinho integra a base do governo na Assembleia e dificilmente o governador vai se meter na sucessão matoense para desagradar a parlamentar que lhe apoia.

Gabriel Tenório (camisa amarela) com Rubens Pereira ; Governador deverá se manter neutro.

Diante das declarações do governador, Matões deve mesmo ter como principais cabos eleitorais o atual prefeito Ferdinando Coutinho trabalhando pela eleição de Nonatinho Medeiros e o Secretário Estadual de Articulação Política Rubens Pereira somando força no apoio a Gabriel Tenório.

Acima o prefeito Bruno Silva com a ex-prefeita Márcia Bacelar, quando foram aliados no passado

Em Coelho Neto o cenário político é semelhante a Matões. Lá o prefeito Bruno Silva é aliado do governador e o mesmo acontece com o principal nome das oposições, a ex-prefeita Márcia Bacelar que se articula numa frente ampla composta por aliados do governo e também quer apoio de Brandão. Dizem até que Márcia Bacelar poderá se filiar ao PT e assim buscar o apoio de Felipe Camarão na eleição contra o bem avaliado prefeito Bruno Silva. Mesmo que isso ocorra, dificilmente Camarão atropelará uma posição do governador recomendando neutralidade.

Resumindo, é isso que se deduz sobre o que disse o governador Carlos Brandão.

Assim, segue o jogo…

3 Comentários

  1. O Governador Brandão só tem o voto dele, e olhe lá. Ele combinou com os eleitores? Ele ouviu os eleitores? Kkkk.E outra coisa: O que o Rubens Pereira com o Gabriel Tenório, Junto com a Cláudia Coutinho estão fazendo pelo o asfalto da MA 040 pela Beira do Rio Parnaíba que liga Matoes-MA a Timon-MA? Até agora nada. Só as pontes que foram feitas. Será se um povo desse quer voto junto com o Brandão? Kkkkkk.

  2. Gabriel Tenório está só perdendo o tempo dele com negócio de política. Ele não ganha para prefeito de Matoes. Deveria era estudar para fazer um concurso para Juiz,ou Promotor de Justiça. É novo. É inteligente. Quando vier acorda já perdeu muito da vida.

Faça um Comentário

Elias Lacerda

Elias Lacerda

Elias Lacerda
Jornalista apaixonado pela notícia e a verdade