Logo Elias Lacerda
                           Clínica São Rafael

Em entrevista ao eliaslacerda.com, José Reinaldo fala do rompimento com Flávio Dino e diz que entrará para ganhar as eleições

Deputado federal e pré-candidato ao senado, o ex-governador José Reinando conversou por telefone na manhã desta segunda-feira (26) com o titular do eliaslacerda.com sobre o seu rompimento político com o governador Flávio Dino. Ele falou de suas expectivas para o pleito deste ano.

José Reinaldo explicou que seu rompimento político com Flávio Dino se deu em virtude de ter esgotado todas as expectivas de que o governador pudesse lhe apoiar para o senado. “Tentei de todas as maneiras receber o apoio do governador. Até audiência que pedi pra ele me receber nunca fui atendido. Cheguei ao limite. Agora ele não precisa mais se preocupar comigo”, contou José Reinaldo.

Perguntado sobre como ficaria a sua situação partidária, José Reinaldo afirmou já ter garantias do deputado federal e presidente da Câmara Federal, Rodrigo Maia,  de que DEM lhe será cedido para disputar o senado. “Isso já está definido. No próximo dia 10 de março vou fazer minha filiação no Democrata”, informou ele.

Sobre com quem deverá compor pelas oposição, José Reinaldo Tavares informou que tem recebido convite de todos os grupos de pré-candidatos a governador das oposições e estuda para definir por aquele  que  lhe será melhor para disputar o senado e que acredita ter chances reais de ganhar as eleições. “Tenho afinidade com o deputado Eduardo Braide. Ele foi diretor da Caema quando fui governador e o considero  um nome competitivo, mas não defini nada ainda. O que tenho certeza até agora é que a decisão que tomar será para ganhar as eleições”, concluiu.

 

Quem fica com José Reinaldo

O deputado federal e ex-governador também falou sobre como ficam suas relações políticas com alguns integrantes do governo diante de sua decisão em desembarcar do grupo político do governador Flávio. Sobre seu sobrinho, Marcelo Tavaes, atual Chefe da Casa Civil, José Reinaldo afirmou que não o pressionará a acompanhá-lo. “Não vou criar um problema para a família. Ele deve tomar a sua própria decisão. Ele apoia o governador Flávio Dino e que faça o que entender que seja correto e melhor pra ele. Qualquer decisão que tomar vou compreender”, explicou.

José Reinaldo opinou também sobre a posição política da família Macedo, que tem à frente o empresário Dedé Macedo e os filhos, deputado estadual Fabio Macedo e o ex-prefeito de Dom Pedro, Hernando Macedo. “Dedé Macedo fica comigo. Ele me disse que qualquer decisão que tomasse ficaria comigo”, informou.

Indagado sobre como ficaria sua relação política com a família Leitoa, o deputado federal e ex-governador afirmou que sua posição política não afetará seus laços de amizade com o grupo do prefeito de Timon. “Luciano Leitoa, Chico Leitoa e Rafael Leitoa os considero meus amigos e minhas relações com Timon não mudarão. Continuarei a ajudar Timon no eu puder”, finalizou o deputado federal e ex-governador.

Deixe seu comentário

Seu e-mail não será publicado.

*
*

Você pode ler também!

Não desperdice seu tempo e garanta sua hospedagem Dgi Cloud hoje!
Clínica São Rafael