Logo Elias Lacerda
                           Clínica São Rafael

Falecido por Covid-19, advogado Iglésia Alves recebe homenagem da OAB em Unidade Prisional de Timon

A advocacia criminal de Timon e Região conta, pode a partir desta quarta-feira (30), com mais um espaço de apoio para o exercício profissional.

Nesta quarta-feira (30), a Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional Maranhão, Subseção de Timon, em parceria com a OAB Piauí, entregaram a Sala da Advocacia “IGLÉSIA ALVES DA COSTA E SOUSA”, localizada na Unidade Prisional de Ressocialização – UPR de Timon. A sala se encontra equipada com computador, impressora, mesa, cadeiras, condicionador de ar e todo o material de apoio aos Advogados (as). Ela é uma homenagem ao advogado e ex-agente de saúde de Timon que faleceu de Covid-19 no ano passado. Iglésia Alves ( na foto acima) foi uma das primeiras vítimas da doença no município.

A solenidade que aconteceu na tarde desta quarta-feira foi conduzida pela Presidente da Subseção de TimonFernanda Castro. Ela ressaltou a importância do suporte da Ordem para a advocacia no atual momento de crise e destacou as instalações e equipamentos oferecidos aos colegas. “Não podemos fechar os olhos para as dificuldades enfrentadas. É fundamental que nenhum advogado ou advogada deixe de trabalhar por falta de estrutura”, afirmou.

A Solenidade contou com a presença de, Einstein Sepúlveda, representando a OAB-PI, Diretor-Tesoureiro da OAB MA, Kaio Saraiva; os diretores da Subseção da OAB de Timon, Rafael Milhomem (Vice-Presidente) e Saraesse Lima (Tesoureira); os Conselheiros Seccionais da OAB MA Assis Filho e Amanda Waquim; a Presidente da Comissão Jovem Advocacia, Patrícia Santos; a Vice-Presidente CEADE e membra Comissão Mulher da OAB de Timon, Kennia Caldas; o Diretor da Penitenciária, Dourado; os familiares do homenageado Joelma Sousa (esposa), Kailany Sousa e Keliany Sousa (filhas) e Maria do Socorro (irmã), além da Presidente do Sindicato dos Agentes Comunitários de Saúde, Alberina da Silva, demais Advogados e Advogadas da região.

 

BIOGRAFIA IGLÉSIA ALVES DA COSTA E SOUSA

Iglésia Alves da Costa e Sousa, filho da merendeira Raimunda Alves da Costa e Sousa, nasceu na cidade de Teresina, Piauí, em 19 de Julho de 1971. Foi criado em Timon-MA, casado com Joelma Maria de Jesus Silva e teve 2 filhas: Keliany e Kailany. Estudou Direito na Faculdade Maranhense São José dos Cocais e fez 3 especializações em Teresina.

Advogado e Agente de Saúde, Iglésia veio de família humilde, ainda criança trabalhava para ajudar sua mãe a criar os outros filhos vendendo dindin. Em busca por melhores condições de vida, focou nos estudos e conseguiu subir degraus mais altos na vida profissional. Em 1992, concluiu o ensino médio concomitante com o curso técnico de contabilidade. Trabalhou no setor de comércio entre 1990 e 1995. Em 1996, trabalhou como agente de endemias.

No ano de 1997, foi um dos fundadores do Movimento de Reintegração de Pessoas Afligidas pela Hanseníase (MORHAN) em Timon, e atuava fazendo palestras com o teatro de bonecos, orientando a população sobre a hanseníase. Foi vice-presidente da Cooperativa dos Profissionais de Combate as Endemias de Timon (COOPSET), onde ajudou a construir a sede (1998). Em 2002, fundou a empresa Alvo Inseto Dedetizadora em Timon-MA, na qual trabalhava na área de imunização e controle de pragas urbanas.

Em 2006, foi aprovado no concurso de Agente Comunitário de Saúde na cidade de Timon-MA. Enquanto aguardava ser convocado, cursou também Gestão e Serviço de Saúde (2007), e em 2011 assumiu o cargo.

Em 2012, assumiu a presidência do Sindicato dos Agentes Comunitários de Saúde até 2015. Em seu mandato, fundou a sede do sindicato para a categoria e trabalhava sempre no intuito de garantir conquistas e avanços para a classe.

No ano em que estava prestes a concluir o curso de direito, 2017, foi aprovado na OAB. Mesmo atuando como advogado, não deixou a atividade de Agente Comunitário de Saúde e exercia a advocacia em horários que não coincidiam com o trabalho de agente. No ano de 2018, fundou um escritório em Timon, no qual advogou também para o sindicato dos agentes de endemias.

Em 2019, desenvolveu o projeto social Café com Idosos em Timon, onde levantava a bandeira da defesa dos direitos da pessoa idosa, fazia eventos nas Unidades Básicas de Saúde (UBS) ministrando palestras, músicas, atividades físicas e um café da manhã com entrega de brindes aos idosos.

Iglésia faleceu no dia 21 de Junho de 2020, vítima da COVID-19, deixando um legado de doação ao próximo e exemplo de humildade e perseverança. Seu trabalho junto às pessoas mais carentes e necessitadas dos direitos mais básicos é uma lição de que o olhar da lei deve estar voltado para aqueles que mais necessitam.”

(Biografia escrita por Keliany Sousa- filha de Iglésia Alves)

1 comentário

DENIS SERVIO
Comentou em 01/07/21

Homenagem mais q merecida.

Deixe seu comentário

Seu e-mail não será publicado.

*
*

Você pode ler também!

Não desperdice seu tempo e garanta sua hospedagem Dgi Cloud hoje!
Clínica São Rafael