Destaques

ONG divulga as cidades mais violentas do mundo; Teresina no top 10 do Brasil

Acima veja aspecto de Mossoró (RN), cidade que lidera o ranking da violência no Brasil.

Quando o assunto é insegurança, o Brasil costuma ser destaque global. Desta vez, o país volta a ocupar números alarmantes.

Das 50 cidades mais perigosas do mundo, 10 são brasileiras e 9 estão situadas na região Nordeste. Os dados são de um ranking anual elaborado pela ONG mexicana Conselho Cidadão para a Segurança Pública e a Justiça Penal.

A cidade de Mossoró, no Rio Grande do Norte, tem a pior taxa de homicídios por 100 mil habitantes do país (63,21) e ocupa a 11ª posição na lista mundial. Os dados refletem o ano de 2022.

A cidade com mais insegurança no planeta é a mexicana Colima, com uma taxa de 181,94 mortes violentas por 100 mil habitantes. Em 2021, a também mexicana Zamora estava em primeiro lugar.

Ao todo, o México tem 17 municípios no ranking, e o Brasil vem em segundo lugar, com 10.

Eis as dez cidades brasileiras mais violentas e suas respectivas posições no ranking mundial:

  • Mossoró — Rio Grande do Norte (11);
  • Salvador — Bahia (19);
  • Manaus — Amazonas (21);
  • Feira de Santana — Bahia (22);
  • Vitória da Conquista — Bahia (26);
  • Natal — Rio Grande do Norte (28);
  • Fortaleza — Ceará (31);
  • Recife — Pernambuco (35);
  • Maceió — Alagoas (36);
  • Teresina – Piauí (40).

A lista considera o número de homicídios por 100 mil habitantes e inclui apenas cidades com 300 mil habitantes ou mais. Países que vivem “conflitos bélicos abertos”, como Síria e Iraque, foram excluídos da sondagem.

O estudo foi produzido com base em dados oficiais ou de fontes alternativas, como ONGs.

 

( Grupo Mundial de Comunicação)

7 Comentários

    1. Acredito q o real motivo é q Timon não conta com mais de 300 mil habitantes, até onde eu saiba.

  1. FRASE QUE DEVE TER SIDO REPETIDA TRILHÕES DE VESE E, JA DIZ O VELHO DITADO “UMA MENTIRA REPETIDAS MUITAS VEZES VIRA VERDADE”.
    No caso aqui as autoridades deviam contestar pois, essa ONG está faltando com a verdade. As maiores metrópoles ficarem fora desse apontamento no mínimo imoral essa ONG. Violência tem isso e inegável mas, querer subestimar nossa capacidade achando que vamos engolir tudo que se notícia, aí pode cai no meio do mar a cavalo nadando , que aqui não terás vez.
    Carimbado ONG MENTIU.

    1. Meu caro Joserisvaldo, os parâmetros utilizados por esta ONG foram números de ocorrência por cada 100 mil habitantes, Isso não quer dizer que essas Grandes Metrópoles tenham menos casos que nossa querida Teresina, só que em números relativos estamos mal na fita, essa é uma realidade e reflete diretamente na nossa querida Timon.

  2. Quando o quesito se refere ao social o Nordeste sempre faz presença nos piores indiceis

Faça um Comentário

Elias Lacerda

Elias Lacerda

Elias Lacerda
Jornalista apaixonado pela notícia e a verdade