Logo Elias Lacerda
Clínica São Rafael

Parnarama : Processo contra Jacobe Almeida está em Timon e terá parecer do Ministério Público

O Juiz da 1ª Vara Criminal de São Luís, onde iniciou a tramitação do processo contra o professor , ex-pré-candidato a prefeito e depois candidato a vereador de Parnarama, Jacobe Almeida (na foto acima) , enviou o processo para a justiça de Timon.

O processo caiu na Vara Criminal do juiz Francisco Reis Júnior, mas como o magistrado está de férias,  o juiz José Elismário recebeu o caso  e na última segunda-feira, dia 25, o encaminhou ao Ministério Público criminal de Timon.

A soltura ou manutenção do professor na prisão em Timon agora depende do parecer do ministério público que pode ou não requisitar novas diligências.

Após o parecer do promotor é que a justiça local deverá julgar o caso do professor de Parnarama.

O julgamento de Jacobe Almeida deverá ser feito pelo juiz Francisco Reis, titular da Vara Criminal para onde o processo foi encaminhado em Timon.

Jacobe segue preso em Timon desde novembro do ano passado na Unidade Prisional Jorge Vieira. Ele é acusado de participar de uma organização criminosa que emitiu diplomas falsos de cursos superiores a alunos os lesando em alguns estados.

O lado bom e ruim do processo de Jacobe Almeida em Timon

Advogados com quem o eliaslacerda.com conversou, viram como um fato bom para Jacobe Almeida o seu processo ter vindo para Timon. Entendem eles que aqui ficará mais fácil para os advogados de defesa trabalharem na soltura ou absolvição dele.

O lado ruim para a defesa é a fama de dureza da justiça criminal de Timon. Os juízes criminais da cidade tem fama de serem rígidos e muito legalistas, o que pode complicar para o professor conseguir sua soltura ou absolvição.

 

2 cometários

Odinea Barros do Vale.
Comentou em 03/02/21

Se eles atentaram para a razão ,ele continuará preso pagando pelo que fez ou se tiver bens leiloar para pagar suas dívidas,que com certeza ,não tem o suficiente,Ate porque não era só ele que agia.Bem se houver esse reconhecimento sim se não é claro que esses juízes que estão julgando esses processos,se não tiver eles podem criar (abuso de poder)brechas e podem deixar esse criminoso,responder em liberdade ou absorve lo ,aí só Deus.Vamos.orar,por esta causa, essa é a verdade.

Francisco dos Santos Sousa
Comentou em 15/02/21

Deixa esse estelionatários mais uns anos ai na cadeia pra ele aprender o quanto mal ele fez as pessoas de bem.

Deixe seu comentário

Seu e-mail não será publicado.

*
*

Você pode ler também!

Não desperdice seu tempo e garanta sua hospedagem Dgi Cloud hoje!
Clínica São Rafael