Logo Elias Lacerda
Clínica São Rafael

Pesquisa para o governo do Ceará: Bolsonarista lidera e pedetista é o segundo

Acima da esquerda para a direita: Capitão Wagner (União Brasil), Roberto Cláudio (PDT) e Elmano Freitas (PT); Os três principais nomes da disputa.

Pesquisa Ipespe para o Governo do Ceará mostra o candidato da oposição Capitão Wagner (União Brasil) liderando a disputa com 38% das intenções de voto. Ele é seguido pelo ex-prefeito de Fortaleza Roberto Cláudio (PDT), que tem 28%, e pelo petista Elmano Freitas (PT), com 13%. Os números se referem à pesquisa estimulada, quando o entrevistador oferece opções. A pesquisa foi contratada pelo O POVO e é a primeira a mostrar o cenário eleitoral do Estado após o rompimento entre PDT e PT.

Na sequência aparecem Zé Batista (PSTU), com 1%, e Serley Leal (UP) que foi citado, mas não atingiu 1% das intenções de voto. A então candidata do Psol, Adelita Monteiro, constava entre os nomes apresentados durante a realização do levantamento, mas anunciou a retirada da candidatura na última quarta-feira, 3, após anunciar apoio ao PT. Chico Malta (PCB) constava na lista, mas não foi citado.

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Eleitores que pretendem votar branco ou nulo, aqueles que afirmaram não votar em nenhum dos candidatos e os que não souberam ou não responderam somam 19%.

Pesquisa Ipespe Ceará (Estimulada)

Capitão Wagner (UB): 38%
Roberto Cláudio (PDT): 28%
Elmano Freitas (PT): 13%
Adelita Monteiro (PSOL) 1%*
Zé Batista (PSTU): 1%
Serley Leal (UP): 0
Nenhum/Branco/Nulo: 11%
Não sabe/Não respondeu: 8%

Adelita Monteiro (PSOL) era candidata ao governo durante a realização da pesquisa, mas anunciou a retirada do seu nome da disputa nesta semana. Na Pesquisa estimulada o nome de Chico Malta (PCB) constava na lista mas não foi citado pelos entrevistados.

A margem de erro máxima estimada é de 3,2 pontos percentuais para mais ou para menos, com intervalo de confiança de 95,5%. A pesquisa foi realizada de 30 de julho a 2 de agosto. O Ipespe ouviu mil pessoas com 16 anos ou mais em todas as regiões do Ceará, por telefone, via sistema Cati Ipespe. A pesquisa foi contratada pelo O POVO e está registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) com os números BR-03845/2022 e CE-01693/2022.

Espontânea

Na pesquisa espontânea, quando o entrevistador não apresenta opções de candidatos, Capitão Wagner lidera com 28% das intenções de voto. Roberto Cláudio tem 12% da preferência do eleitorado e Elmano Freitas registrou 8%. Neste cenário, eleitores que pretendem votar branco ou nulo, aqueles que afirmaram não votar em nenhum dos candidatos e os que não souberam ou não responderam somam 48%.

O ex-governador Camilo Santana (PT) e a governadora Izolda Cela (PDT) foram citados na pesquisa espontânea, mas não são candidatos ao governo do Estado nas eleições deste ano.

Pesquisa Ipespe Ceará (Espontânea)

Capitão Wagner (UB): 28%
Roberto Cláudio (PDT): 12%
Elmano Freitas (PT): 8%
Camilo Santana (PT) 3%*
Izolda Cela (PDT) (1%)*
Adelita Monteiro (PSOL) 0*
Nenhum/Branco/Nulo: 3%
Não sabe/Não respondeu: 45%

Adelita Monteiro (Psol) era candidata ao governo durante a realização do levantamento, mas retirou-se da disputa e anunciou apoio ao PT. Os candidatos Zé Batista (PSTU) e Serley Leal (UP) não foram citados na pesquisa espontânea.

Senado

Na disputa pelo Senado, marcada ainda pela indefinição, o ex-governador Camilo Santana (PT – na foto acima) lidera com muita folga. Na pesquisa espontânea, ele é citado por 37% dos eleitores. Nenhum outro nome pontua. Há 60% que não sabem ou não responderam, e 3% que dizem votar branco, nulo ou em nenhum.

Nos cenários simulados, Camilo fica com 68% numa disputa que envolvesse o vereador Inspetor Alberto (PL), com 5%, Dr. Cabeto (PSDB), com 3%, e Paulo Anacé (Psol), com 1%.

No outro cenário, Camilo tem 66%, Dr. Cabeto tem 4% e Raimundo Gomes de Matos (PL) e Paulo Anacé, 1%. Carlos Silva (PSTU) não pontuou em nenhum dos dois cenários.

Desde o início da pesquisa, Dr. Cabeto informou que não será candidato e Paulo Anacé teve a postulação retirada pelo Psol. Enquanto as candidaturas de Wagner e Roberto Cláudio ainda não decidiram quem lançar para senador.

 

Deixe seu comentário

Seu e-mail não será publicado.

*
*

Você pode ler também!

Não desperdice seu tempo e garanta sua hospedagem Dgi Cloud hoje!
Clínica São Rafael