Logo Elias Lacerda
                           Clínica São Rafael

Polícia civil prende mulher condenada por assalto ao balneário Chico 18 em Timon quando morreu uma pessoa

A Polícia Civil do Maranhão, através do 2 º Distrito Policial de Timon, com apoio de investigadores da Delegacia de Homicídio de Timon, efetuaram a prisão de uma mulher de 25 anos de idade em cumprimento a mandado de prisão por sentença definitiva por Crime de Latrocínio e Associação Criminosa.
Ela foi condenada por participação no assalto ao balneário Chico 18, na zona rural de Timon, no ano de 2014. Na companhia de mais 4 indivíduos realizaram um “arrastão” e roubaram 15 pessoas que estavam no balneário, quando uma das vítima reagiu e acabou sendo morta com um tiro na cabeça disparado por um dos criminosos, sendo que a época as investigações foram realizadas pela equipe do 3 DP de Timon.
O mandado de prisão foi expedido pelo juiz da 1 Vara Criminal de Timon e foi cumprido no Bairro Parque Alvorada na manhã de hoje desta quinta-feira, dia 4, por volta das 9 horas da manhã.
A mulher foi sentenciada a 23 anos e 7 meses de prisão.
Veja abaixo matéria da época exibida na TV Meio Norte:
Assista vídeo com matéria da época clicando aqui 
Mais uma opção de assistir é clicar aqui

1 comentário

Rômulo Rocha
Comentou em 04/06/20

O que eu penso sobre essa matéria policial. Sempre pensamos a justiça deverá sempre cumpri o seu papel; Prende ali e solta aqui por aí vai. Na realidade dos fatos quem realmente está preso – eternamente – foi a vítima que morreu . O preso é condenado por 25 a 30 anos e, com menos de 7anos é solto , pra mim não foi preso. Sou a favor da pena de morte pra quem mata por violência ou afins . O Brasil justiça deveria legalizar essa pena , todavia a justiça e a sociedade só devem tomar cuidado com os ladrões de galinhas .

Deixe seu comentário

Seu e-mail não será publicado.

*
*

Você pode ler também!

Não desperdice seu tempo e garanta sua hospedagem Dgi Cloud hoje!
Clínica São Rafael