Destaques

Saiba sobre o estado de saúde do homem acidentado em academia

A esposa de Regilânio da Silva Inácio, de 42 anos, atingido por um aparelho de musculação na última sexta-feira (4/8) disse que o marido está consciente e na batalha pela recuperação.

O acidente ocorreu no município cearense de Juazeiro do Norte e a mulher de Inácio contou que apesar dele está triste, vai continuar na batalha da recuperação com o apoio dos filhos. O homem passou por uma cirurgia, mas segundo os médicos ele tem menos de 1% de chance de voltar a andar.

Em entrevista ao portal UOL, Maria Socorro Pereira Inácio falou sobre o estado de Inácio: “Meu marido acordou com muita dor, está consciente de tudo o que aconteceu, dentro das expectativas está bem, porém, triste com a possibilidade de não voltar a andar. Nossos filhos estiveram aqui pela manhã, isso que faz ele continuar na batalha”

As imagens do acidente mostram Regilânio em espera para usar o aparelho, ele se senta na parte de baixo do equipamento quando a parte superior despenca e cai, junto ao peso das anilhas sobre os ombros e as costas do homem.

A queda do aparelho levou a uma lesão na coluna vertebral: uma listese, considerada o mais grave tipo de lesão entre as vértebras, o dano foi entre o fim da parte torácica (vértebra T12) e início da parte lombar (vértebras L1 ). A vértebra inferior (L1) se deslocou para trás em relação à vértebra superior (T12), além de provocar fortes dores, pode comprometer a medula espinhal, podendo resultar na perda dos movimentos motores.

Em entrevista ao portal O Globo, a irmã do motorista de aplicativo que sofreu o acidente, Maria das Dores da Silva Inácio, deu mais detalhes de como o paciente recebeu a notícia e sobre a possibilidade de voltar a caminhar normalmente. “Ele já sabe qual é a chance dele. Os médicos contaram antes da cirurgia, quando tivemos que assinar um termo, eles tiveram que contar a chance de andar. Aí você imagina: se a gente ficou arrasado, imagina ele, um rapaz que trabalha, tem a vida ativa, vai para a academia, é motorista. É muito difícil esse momento” lamentou Maria.

A irmã de Regilânio acrescenta: “Ele está estável, o quadro não é fácil, por conta da lesão, que é muito grave. Está sentindo muitas dores. Ele passou a noite bem, por conta da anestesia da cirurgia, mas hoje [domingo] reclamou de dores. O médico disse que é normal, pois passou por uma cirurgia difícil, demorada, perdeu muito sangue”.

A família de aluno ferido em academia pede ajuda para custear tratamento. Segundo informações somente a cirurgia de Inácio custou R$ 35 mil.

Os proprietários da academia estão ajudando nas despesas, ainda assim, a família decidiu fazer uma vaquinha nas redes sociais para continuar arcando com um tratamento adequado para Regilânio Inácio.

 

De O Povo

Faça um Comentário

Elias Lacerda

Elias Lacerda

Elias Lacerda
Jornalista apaixonado pela notícia e a verdade