Logo Elias Lacerda
                           Clínica São Rafael

Timon está na posição 509 entre casos de coronavírus no Brasil, mas sucesso ainda não pode ser comemorado

Acima homens da Secretaria Municipal de Saúde de Timon fazendo desinfecção em pontos de movimento na cidade.

O enfrentamento à pandemia do novo coronavírus tem sido uma preocupação mundial. No Brasil, os números são alarmantes. Em todo o país, são 39.144 casos de Covid-19, com 2.484 mortes. Dos casos confirmados, 1.320 são no Maranhão e 1.075 deles são em São Luís, que já registra 43 mortes. Os dados fazem da capital a sexta cidade com maior número de casos em todo o país e também em número de óbitos. Em todo o estado, 39 cidades já foram afetadas. 

Mesmo com esses números, Timon tem conseguido evitar, até o momento,  a grande proliferação da doença. A Prefeitura de Timon se antecipou quanto às medidas de distanciamento social, e isso tem ajudado o município a manter um baixo índice de contaminação em relação a outras cidades. No mapa nacional de infecção pelo coronavírus, Timon está na posição 509. A cidade teve, até agora, nove casos confirmados, destes, quatro já estão recuperados e até agora nenhum óbito.  Por isso, é importante reforçar o distanciamento social. Os efeitos de um dia de distanciamento são percebidos entre 10 e 15 dias depois – tempo médio do aparecimento dos sintomas da Covid-19.

Algumas pessoas, quando se deparam com o baixo número de casos confirmados, passam acreditar que o distanciamento social é um exagero, ou que é desnecessário. Porém, isso mostra exatamente o quanto ele tem sido eficaz no combate à proliferação da doença, porque se o distanciamento não estivesse acontecendo, os números seriam bem maiores. O número de infecção é inversamente proporcional à taxa de distanciamento, ou seja, quanto maior a taxa de distanciamento social, menor será o número de casos de infecção pelo coronavírus. 

Dessa forma, quanto mais for mantido o distanciamento social, mais a população estará protegida e mais rapidamente a cidade estará livre para voltar às atividades normalmente e assim recuperar a economia.

O novo coronavírus é uma doença invisível e pode surpreender a qualquer momento avançando na sua proliferação, portanto, a melhor recomendação no momento é que as pessoas continuem em casa se prevenindo da pandemia.

 

Com informações da assessoria

1 comentário

gustavo pereira
Comentou em 22/04/20

cara se a gente se esforçar e continuar fazendo fila na caixa dá pra melhorar e chegar quem sabe na 100ª

Deixe seu comentário

Seu e-mail não será publicado.

*
*

Você pode ler também!

Não desperdice seu tempo e garanta sua hospedagem Dgi Cloud hoje!
Clínica São Rafael