Logo Elias Lacerda
Clínica São Rafael

Timonenses conhecidos perderam a vida nesta terça-feira para o novo coronavírus

Enquanto muitos ainda ignoram a doença em Timon embalados até em argumentos absurdos de algumas autoridades políticas do país, o novo coronavírus segue fazendo vítimas e levando vidas que não voltam mais. Esta terça-feira (30) tem sido de muita dor para algumas famílias timonenses que tiveram seus entes queridos mortos pela doença.

De acordo com informações colhidas pelo eliaslacerda.com, pelo menos três nomes conhecidos na sociedade local perderam a luta contra doença e foram mortos hoje.

Uma das primeiras vítimas foi dona Teresinha de Carvalho Lima (foto acima), 61 anos, mãe do inspetor da Guarda Municipal de Timon, Jairo de Carvalho Lima.

Ela fazia um tratamento contra o câncer e contraiu o novo coronavírus. Morreu no Alarico Nunes Pacheco na madrugada. O filho usou a rede social para lamentar a perda “Hoje eu perdi a minha fortaleza a minha base. A minha mãezinha partiu e foi morar com Deus. O meu coração estar partido. É muita dor neste momento”, disse o agente da guarda municipal.

Outro nome conhecido foi o de seu João Batista de Carvalho(acima de óculos), membro da família Fortuna e oriundo da cidade de Granja, no Ceará.  Vítima da Covid-19 depois de passar vários dias na UTI, ele veio a falecer nas primeira horas da manhã desta terça (30).

Quem também foi vítima fatal da doença que está banalizando a morte e muitos ainda insistem em ignorá-la,  foi Luis Carlos Sales da Silva, de 53 anos (na foto acima). Ele por anos foi funcionário do grupo Claudino, na empresa Guadalajara e atualmente era autônomo. “Ele não bebia, não fumava, não era de farras e tinha hábitos saudáveis”, disse  ao jornalista Elias Lacerda José Jeremias, amigo de infância de Luis Carlos.

“Luizinho”, como era chamado carinhosamente pelos amigos e parentes, lutou por dez dias na UTI contra a doença que atacou seus pulmões, mas não resistiu e veio a falecer na manhã desta terça-feira.

Luis Carlos Sales da Silva deixou três filhos e seu corpo foi sepultado no povoado São Lourenço, onde o pai, Mundico Carlos reside.

De acordo com as autoridades de saúde, Timon, Teresina e região estão vivendo no momento o pico da doença. As previsões são de que se não houver isolamento social o avanço do novo coronavírus continuará nos trazendo lamentáveis perdas como as de hoje.

Baseado nesse crescimento da doença, o prefeito de Timon Luciano Leitoa decretou Lockdown parcial na quinta e sexta-feira desta semana e Lockdown total no sábado e domingo próximos (saiba mais sobre as medidas do prefeito clicando aqui).

 

4 cometários

Francineide de Melo Oliveira Nascimento
Comentou em 30/06/20

Triste realidade que vivemos no momento

FRANCINALDO DE SOUSA BEZERRA
Comentou em 30/06/20

Meus pêsames a família

Junior da Formosa
Comentou em 01/07/20

O Luizinho e meu primo eu sinto muito mas essa doença não escolhe cara esta se alastrando muito rápido Timon decretou o isolamento social muito cedo é esta abrindo cedo também

Edgar Castro Viana
Comentou em 01/07/20

Eu já descordo com o caro repórter sobre isolamento mas respeitando quem queira fazer, porque minha família toda pegou esse vírus e não saia de casa pra nada e foram infectado, portanto isolamento pra mim não é a maneira de salvar vidas, e graças a deus estamos todos sadios e também por ter tomado a hidroxcloroquina.

Deixe um comentário

Você pode ler também!

Não desperdice seu tempo e garanta sua hospedagem Dgi Cloud hoje!
Clínica São Rafael
TekyNik