Hotel Parnaíba
Destaques

Vereadores de Timon deverão perder até 500 mil reais neste ano de 2018




Os vereadores de Timon devem terminar este ano de 2018 perdendo cerca de 500 mil reais. A perda é grandiosa para os parlamentares sendo um fato  inédito na história do legislativo timonense.

O dinheiro é referente as projeções que estão sendo feitas com a falta de uso da verba indenizatória. Disponibilizada todo mês para cada vereador e no valor de 11 mil reais , os recursos da verba indenizatória desde quando foram estabelecidas novas regras pelo Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) assinado pelo legislativo com o ministério público para moralizar o uso do dinheiro, nunca mais foi utilizado por nenhum vereador.

Pelas novas regras do TAC estabelecidas pela promotoria da fazenda pública de Timon a verba indenizatória tem que ser paga após licitação dos serviços utilizados pelos parlamentares e acabou com o pagamento direto aos vereadores para que posteriormente eles pudessem prestar contas dos serviços utilizados.As regras não são novidade para as câmaras municipais Brasil afora, pois várias delas já adotaram esse modelo anos atrás, conforme rezam recomendação dos Tribunais de Contas dos Estados. Mesmo assim, nenhum vereador de Timon até agora quis usar a verba com as novas regras.

O não uso da Verba Indenizatória por parte dos vereadores de Timon acumulará recursos que podem atingir 500 mil reais, dinheiro que se não for utilizado até 31 de dezembro passará para as contas da prefeitura de Timon, conforme estabelece a lei. Vale lembrar que ao contrário do que alguns vereadores estão pensando, esses recursos não voltam mais para a Câmara, mesmo que uma nova diretoria da casa esteja disposta a enfrentar o ministério público anulando o TAC que foi homologado na justiça.

Terminada a gestão atual da mesa diretora da Câmara, a prefeitura receberá os recursos da verba e poderá investir em diferentes setores da administração municipal.

Você pode ler também!

Deixe um comentário



Barro Forte