Vereadores de Timon podem votar e acabar nesta segunda (27) com a farra da Verba Indenizatória

Apontada pelo Ministério Público de Timon e o Tribunal de Contas do Estado como um recurso que não tem qualquer controle de gasto, a Verba Indenizatória dos vereadores de Timon, que chega a 11 mil reais por mês para gastos no Gabinete,  poderá ser definitivamente extinta em votação prevista para acontecer nesta segunda-feira (27).

Projeto do vereador Jair Mayner, do PSB,  decreta o fim dos recursos que tanta polêmica tem causado onde vereadores da oposição e situação tem trocado acusações do mal uso deste recurso.

Meses atrás o promotor de justiça de Timon, Sérgio Ricardo Martins assinou um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) com a presidência da Câmara Uilma Resende onde houve compromisso para que o legislativo licite os serviços de aluguel de automóveis para os vereadores, compra de combustíveis, assim como realize concurso público para servidores.

O TAC nasceu depois que o promotor recebeu diversas denúncias de vereadores da oposição relatando o mal uso da verba no legislativo.

Para o vereador Jair Mayner, o seu projeto põe fim ao problema se for votado e aprovado nesta segunda, pois extingue definitivamente a Verba Indenizatória e assim finaliza com os privilégios que tem sido alvo de denúncias na casa.

 

1 comentário

Carlos Albukerke
Comentou em 26/08/18

Que milagre é esse. Eu acho que tem haver com a chegada de eleição.

Deixe um comentário

Você pode ler também!

Não desperdice seu tempo e garanta sua hospedagem Dgi Cloud hoje!
TekyNik