Hotel Parna
Destaques

Informes rápidos do eliaslacerda.com



Hotel Parna

A verdade sobre a caravana de Roseana pelo interior

 

Se o evento não foi nada de espetacular,  a primeira visita de Roseana com sua caravana a Santa Inês na semana também passou longe de ter sido um fiasco. Na verdade o público não decepcionou. Isso é uma demonstração clara de que querendo ou não Roseana Macieira Sarney Murad, 64 anos, tem o seu público de eleitores, afinal não foi por acaso que chegou por três vezes ao governo do estado, senadora e deputada federal. Não tem como o eleitor esquecê-la tão rapidamente.

Analisando lucidamente e sem paixão política, não é difícil concluir que Roseana terá enormes desafios para vencer Flávio Dino, este um dos mais preparados e bem avaliados governadores que o estado já viu. Entretanto, mais difícil ainda terá a nova via que tenta ser construída por Roberto Rocha e Eduardo Braide como alternativas para as eleições deste ano. Quem conhece a história sabe: o Maranhão é conservador e no interior o que pesa mesmo é a máquina do governo com os trabalhos realizados ou um nome de político consolidado, aspectos que Flávio Dino e Roseana se enquadram perfeitamente nessas características.

Para quem acha que vai entrar na disputa facilmente só com o verbo para convencer o eleitor maranhense, pode ir repensando…

 

Desembargador do Maranhão defende a descriminalização da maconha

O desembargador do Tribunal de Justiça do Maranhão, Fróz Sobrinho é a favor da descriminalização da maconha. A manifestação dele neste sentido aconteceu durante palestra que o magistrado proferiu em Timon no  o Workshop de Perícias Oficiais e Monitoramento Eletrônico, evento que aconteceu no auditório do fórum local no último dia 2.

Para Fróz Sobrinho, a maconha é a droga que mais enriquece os traficantes  e o controle do estado sobre ela fornecendo ao usuário seria um duro golpe no tráfico e nas organizações criminosas.

No entender do desembargador, com a legalização da droga haveria até um impacto na diminuição da superlotação dos presídios, setor que na visão do magistrado virou uma escola para formação de marginais.

Fróz Sobrinho é coordenador da Unidade de Monitoramento, Acompanhamento, Aperfeiçoamento e Fiscalização do Sistema Carcerário , do Tribunal de Justiça do Maranhão.

 

Maranhão apreendeu mil 762 armas de fogo em 2017

Tem sido um sucesso o programa lançado pelo governo Flávio Dino de premiar aqueles policiais que mais armas apreenderem no estado. O resultado no ano passado foram 1.762 mil armas de fogo apreendidas.

Um dos premiados neste ano pelas apreensões de 2017 é Jesse Mauro Araújo (na foto acima), que trabalha na Superintendência Estadual de Repressão ao Narcotráfico (Senarc) há 19 anos: “Esta premiação em dinheiro (R$ 20 mil) é um incentivo para toda a equipe. Nada que eu faço aqui é em prol de mim mesmo, meu trabalho é em prol da sociedade e do meu êxito profissional. Somos uma equipe em que cada um faz sua parte e todo mundo ajuda todo mundo”, avaliou o policial sobre o programa.

 

Secretário de Meio Ambiente está órfão

A tendência do PSDC em marchar com o grupo Sarney nas eleições deste ano vai deixar muita gente sem partido. O advogado Jaconias Morais sabendo da mudança de rumo do partido,  já está caindo fora e deve migrar para o PRB, como bem noticiou em primeira mão este eliaslacerda.com na semana passada.

Quem também é do PSDC  e deve ficar órfão de partido é o atual Secretário Municipal de Meio Ambiente, Jaílson Oliveira. Ele e uma gama de aliados de seu grupo formado principalmente por membros da igreja Assembleia de Deus, foram surpreendidos na semana passada com a notícia que demos aqui de que a sigla deve somar força na eleição com Roseana Sarney e contra Flávio Dino.  Como são da base do prefeito Luciano Leitoa, o grupo não deverá  aceitar a mudança de destino da sigla e também deve procurar um outro partido para se filiar.

 

Ponto favorável ao prefeito de Coelho Neto Américo de Sousa

Luis Serra acima não disputará as eleições de 2018

Prefeito Américo de Sousa com Rafael Leitoa logo acima: cenário favorável em Coelho Neto

Com uma administração equilibrada, pagando em dia os servidores, sem escândalos e ainda tocando algumas obras, o prefeito de Coelho Neto, Américo de Sousa,  além desses pontos favoráveis, terá mais um a seu favor nas eleições deste ano quando for pedir votos aos seus candidatos. O empresário Luis Serra, um de seus principais oponentes na cidade, já decidiu faz tempo: não disputará as eleições deste ano a nenhum cargo eletivo.

A saída da cena política do empresário favorece e muito a Américo, pois é um adversário a menos na disputa por votos na cidade.

Sem Luis Serra quem ganha também é o deputado estadual Rafael Leitoa. Principal parlamentar aliado da administração de Américo, Rafael espera contar com importante votação no município que possa lhe ajudar na reeleição.

 

Mais um fora do pleito

Acima Ricardo Archer Filho à esquerda e o pai, Ricardo Archer à direita: jovem político sem disputar o pleito

Quem também é do ramo empresarial e tentou sem sucesso emplacar na política e vai estar fora da disputa eleitoral deste ano como candidato é o jovem empresário de Codó, Ricardo Archer.

Candidato a deputado federal por duas vezes por indicação do pai, o ex-prefeito de Codó, Ricardo Archer,  sendo bem votado, mas sempre ficando na suplência, Ricardo Ceppas Archer, 36, anos, está decidido a não protagonizar o processo deste ano como candidato.

 

De folga paternidade

Considerado um dos delegados mais linha dura da polícia civil de Timon, Michel Sampaio está de férias das confusões diárias que são registradas no 3º DP, onde é titular.

Nasceu dias atrás o seu segundo filho. De Licença Paternidade para curtir o segundo filho recém-nascido, o delegado só retornará ao trabalho no próximo dia 14.

Você pode ler também!

  • fernando disse:

    Para o secretario de infra estrutura jogar uma piçarra no buraco perto do caik na av. 02 qque da acesso a Cidade Nova

  • Tiuba disse:

    Sobre o informe “A verdade sobre a caravana de Roseana pelo interior”:
    É triste ver que maranhense gosta de sofrer. Lamentável!

Deixe um comentário



Barro Forte