Elias Lacerda - WhatsApp
Destaques

Datafolha: Lula lidera pesquisa para Presidência. Bolsonaro para de crescer



Governo do Estado do Maranhão

Sem Lula, 4 presenciáveis disputam vaga para segundo turno com Bolsonaro.

NELSON ALMEIDA via Getty Images

Enquadrado na lei da Ficha Suja e com baixíssimas possibilidades de assumir o comando do País, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) segue em primeiro lugar em intenção de votos (com percentuais que variam de 34% a 37%), segundo pesquisa Datafolha, publicada nesta quarta-feira (31).

Ele venceria no segundo turno o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB) – 49% a 30%-, a ex-ministra Marina (Rede) – 47% a 32% – e o deputado federal Jair Bolsonaro (PSC-RJ) – 49% a 32%.

A sondagem, no entanto, mostra que, sem ele, não há definição sobre quem iria para o segundo turno com Bolsonaro – segundo colocado na disputa, com 16%.

Sem Lula, quatro nomes brigam por uma vaga em um segundo turno com Bolsonaro: Marina (13%), Ciro Gomes (PDT) (10%), Alckmin (8%) e Luciano Huck (sem partido) (8%).

O poder de transferências de votos de Lula foi impactado com a decisão do TRF-4 que o tornou ficha suja. Foi de 48% para 53%, novembro para cá, o percentual dos que não votariam em um candidato apoiado por ele.

O ex-governador da Bahia Jaques Wagner, um dos nomes do PT cotado como plano B, não tem mais que 2% na pesquisa.

Brancos e nulos

A ausência de Lula também faz crescer o número de brancos e nulos.

“Em nenhum outro levantamento de intenção de voto para presidente já feito pelo instituto em ano eleitoral observou-se uma taxa tão elevada de brasileiros com a pretensão de votar em branco ou anular o voto. É o que acontece quando se exclui o nome de Lula da disputa”, diz reportagem da Folha assinada por Mauro Paulino, diretor-geral do Datafolha, e Alessandro Janoni, diretor de pesquisas do Datafolha.

A reportagem destaca que ao excluir o nome de Lula, “o percentual cresce mais de dez pontos percentuais e passa a ser a resposta da maior parte dos brasileiros -alcança 32% do total dos eleitores em cenário onde Jair Bolsonaro (PSC) lidera a corrida com 20%”.

Bolsonaro

O deputado federal que sonha chefiar o Executivo, apesar de seguir como o segundo preferido dos brasileiros, viu seu gráfico de intenções de votos parar de crescer.

Em comparação com a pesquisa de novembro, o deputado oscilou negativamente em todos os cenários.

Em um segundo turno, Lula e Marina seriam capazes de derrotá-los, com percentuais de 49% a 32% e de 42% a 32%, respectivamente. Pela margem de erro de dois pontos percentuais, Alckmin fica tecnicamente empatado com 35% a 32%.

A pesquisa foi feita com 2.826 entrevistas em 174 municípios entre os dias 29 e 30, após a confirmação da condenação de Lula em segunda instância e reportagens da Folha de S.Paulo que mostram rápido crescimento de patrimônio de Bolsonaro.

Veja os cenários:

Cenário 1 (Sem Marina Silva, João Doria, Henrique Meirelles e Luciano Huck):

Lula (PT): 37%

Jair Bolsonaro (PSC): 16%

Geraldo Alckmin (PSDB): 7%

Ciro Gomes (PDT): 7%

Joaquim Barbosa (sem partido): 5%

Alvaro Dias (Podemos): 4%

Fernando Collor de Mello (PTC): 2%

Manuela D´Ávila (PCdoB): 1%

Paulo Rabello de Castro (PSC): 1%

João Amoêdo (Partido Novo): 1%

Guilherme Boulos (sem partido): 0

Branco/nulo/nenhum: 17%

Não sabe: 3%

Cenário 2 (Sem Marina Silva, João Doria, Luciano Huck e Joaquim Barbosa)

Lula (PT): 36%

Jair Bolsonaro (PSC): 18%

Geraldo Alckmin (PSDB): 7%

Ciro Gomes (PDT): 7%

Alvaro Dias (Podemos): 4%

Manuela D´Ávila (PCdoB): 2%

Fernando Collor de Mello (PTC): 2%

Henrique Meirelles (PSD): 1%

João Amoêdo (Partido Novo): 1%

Paulo Rabello de Castro (PSC): 1%

Guilherme Boulos (sem partido): 0

Branco/nulo/nenhum: 19%

Não sabe: 3%

Cenário 3 (Com Marina Silva e Luciano Huck, sem João Doria e Joaquim Barbosa)

Lula (PT): 34%

Jair Bolsonaro (PSC): 16%

Marina Silva (Rede): 8%

Luciano Huck (sem partido): 6%

Geraldo Alckmin (PSDB): 6%

Ciro Gomes (PDT): 6%

Alvaro Dias (Podemos): 3%

Fernando Collor de Mello (PTC): 1%

Manuela D´Ávila (PCdoB): 1%

Henrique Meirelles (PSD): 1%

João Amoêdo (Partido Novo): 1%

Paulo Rabello de Castro (PSC): 1%

Guilherme Boulos (sem partido): 0

Branco/nulo/nenhum: 14%

Não sabe: 2%

Cenário 4 (Sem Geraldo Alckmin (PSDB), com João Doria (PSDB), e sem Henrique Meirelles (PSD), Joaquim Barbosa e Luciano Huck)

Lula (PT): 35%

Jair Bolsonaro (PSC): 17%

Marina Silva (REDE): 10%

Ciro Gomes (PDT): 7%

Alvaro Dias (Podemos): 4%

João Doria (PSDB): 4%

Fernando Collor de Mello (PTC): 2%

Manuela D’Ávila (PCdo B): 1%

João Amoêdo (Partido Novo): 1%

Paulo Rabello de Castro (PSC): 1%

Guilherme Boulos (Sem partido): 0

Em branco/nulo/nenhum: 16%

Não sabe: 2%

Cenário 5 (Sem Lula (PT), Marina Silva (Rede), João Doria (PSDB), Luciano Huck e Henrique Meirelles (PSD)

Jair Bolsonaro (PSC): 19%

Ciro Gomes (PDT): 12%

Geraldo Alckmin (PSDB): 11%

Alvaro Dias (Podemos): 6%

Joaquim Barbosa (Sem partido): 5%

Fernando Collor de Mello (PTC): 3%

Manuela D´Ávila (PCdoB): 3%

Jaques Wagner (PT): 2%

João Amoêdo (Partido Novo): 1%

Paulo Rabello de Castro (PSC) 1%

Guilherme Boulos (Sem partido): 1%

Em branco/nulo/nenhum: 31%

Não sabe: 4%

Cenário 6 (Sem Lula (PT), Marina Silva (Rede), João Doria (PSDB), Joaquim Barbosa e Luciano Huck)

Jair Bolsonaro (PSC): 20%

Ciro Gomes (PDT): 13%

Geraldo Alckmin (PSDB): 11%

Alvaro Dias (Podemos): 6%

Fernando Collor de Mello (PTC): 3%

Manuela D´Àvila (PCdoB): 3%

Henrique Meirelles (PSD): 2%

Jaques Wagner (PT): 2%

Paulo Rabello de Castro (PSC): 1%

João Amoêdo (Partido Novo): 1%

Guilherme Boulos (Sem partido): 1%

Em branco/nulo/nenhum: 32%

Não sabe: 4%

Cenário 7 (Sem Lula (PT), João Doria (PSDB) e Joaquim Barbosa, com Marina Silva (REDE)

Jair Bolsonaro (PSC): 18%

Marina Silva (REDE): 13%

Ciro Gomes (PDT): 10%

Luciano Huck (Sem partido): 8%

Geraldo Alckmin (PSDB): 8%

Alvaro Dias (Podemos): 5%

Fernando Collor de Mello (PTC): 2%

Manuela D´Àvila (PCdoB): 2%

Jaques Wagner (PT): 2%

Henrique Meirelles (PSD): 1%

Paulo Rabello de Castro (PSC): 1%

João Amoêdo (Partido Novo): 1%

Guilherme Boulos (Sem partido): 0%

Em branco/nulo/nenhum: 24%

Não sabe: 4%

Cenário 8 (Sem Geraldo Alckmin (PSDB), Lula (PT), Henrique Meirelles (PSD), Luciano Huck e Joaquim Barbosa)

Jair Bolsonaro (PSC): 20%

Marina Silva (REDE): 16%

Ciro Gomes (PDT): 12%

Alvaro Dias (Podemos): 6%

João Doria (PSDB): 5%

Fernando Collor de Mello (PTC): 3%

Manuela D´Àvila (PCdoB): 2%

Jaques Wagner (PT): 2%

Paulo Rabello de Castro (PSC): 1%

João Amoêdo (Partido Novo): 1%

Guilherme Boulos (Sem partido): 0

Em branco/nulo/nenhum: 28%

Não sabe: 4%

Cenário 9 (Sem João Doria (PSDB), com Michel Temer (MDB) e Rodrigo Maia (DEM)

Lula (PT): 34%

Jair Bolsonaro (PSC): 15%

Marina Silva (REDE): 7%

Geraldo Alckmin (PSDB): 6%

Ciro Gomes (PDT): 6%

Luciano Huck (Sem partido): 5%

Joaquim Barbosa (Sem partido): 3%

Alvaro Dias (Podemos): 3%

Fernando Collor de Mello (PTC): 1%

Michel Temer (MDB): 1%

Henrique Meirelles (PSD): 1%

Rodrigo Maia (DEM): 1%

Manuela D´Àvila (PCdoB): 1%

Paulo Rabello de Castro (PSC): 0

João Amoêdo (Partido Novo): 0

Guilherme Boulos (Sem partido): 0

Em branco/nulo/nenhum: 12%

Não sabe: 3%

Simulações de 2º turno:

Lula 49% X Alckmin 30%

Lula 49% X Bolsonaro 32%

Marina 42% x Bolsonaro 32%

Lula 47% X Marina 32%

Alckmin 34% X Ciro 32%

Alckmin 35% X Bolsonaro 33%

Você pode ler também!

Deixe um comentário



Barro Forte