Logo Elias Lacerda
Clínica São Rafael

Assista vídeo: Com disparos nos pneus do carro, policiais abordam no centro de Timon suspeito de vários homicídios em Teresina

Uma ação de bravura de policiais militares de Timon no final da tarde desta sexta-feira(5) movimentou o centro da cidade. Eram por volta das 17 horas, quando uma viatura do Ronda Escolar suspeitou de um táxi passando. Este ao perceber a viatura, tentou empreender fuga, momento em que os dois policiais da ronda, capitã Ibiapina e o sargento Neves, pediram para que parassem o carro , na rotatória que fica atrás da igreja de São José.

Ao pedir parada e vendo que o motorista não queria parar, um dos policiais militares atirou contra o pneu traseiro do carro, o que fez o motorista ficar nervoso e sair correndo do carro . O disparo acabou chamando a atenção de outros policiais militares que estavam em momento de folga em um restaurante em frente ao fato.

O motorista recebeu ordem de prisão, entretanto o que os policiais já haviam percebido que tinham mais dois indivíduos no banco traseiro do carro, sendo que um deles saltou para a frente tentando sair dirigindo o táxi. Neste momento, um dos policiais que não estava de serviço mas acompanhava a ocorrência, disparou contra o pneu dianteiro do táxi e os policiais deram ordem para que eles desocupassem o veículo.

Ao vistoriar o veículo, os policiais descobriram que os dois homens que tentaram empreender fuga dirigindo o carro estavam armados com dois revólveres calibre 38 com várias munições intactas. Um celular enrolado em espuma, muito provavelmente para jogar em algum presídio e drogas também foi encontrados.

Os três homens foram presos, incluindo o suposto taxista. Entre os presos, Francisco Weslley Martins de Rodrigues, conhecido como “Biro Biro” (de bermuda clara e tatuagem no peito na foto acima), da região do Promorar em Teresina, acusado de nove homicídios e vários assaltos. Biro Biro quando preso em 2016 pela polícia do Piauí, chegou a dizer que já tinha cometido 23 homicídios quando menor de idade, mas a polícia só reconhece nove.

De acordo com policiais de Timon que participaram da ocorrência nesta sexta-feira, Biro-Biro teria feito duas tentativas de disparos contra a capitã Ibiapina, mas o revólver não deflagrou a munição.

Todos os presos e o material apreendido junto com o veículo foram levados para a Central de Flagrante de Timon, sendo que Biro-Biro também foi enquadrado por tentativa de homicídio contra a capitã Ibiapina.

Com informações e fotos de policiais militares que participaram da ocorrência

2 cometários

DENIS SERVIO
Comentou em 08/07/19

É isso aí! Polícia prendendo bandido e defendendo o cidadão de bem.

GervásioGomes
Comentou em 08/07/19

Parabéns aos bravos polícias

Deixe seu comentário

Seu e-mail não será publicado.

*
*

Você pode ler também!

Não desperdice seu tempo e garanta sua hospedagem Dgi Cloud hoje!
Clínica São Rafael