Polícia do Piauí prende trio que teria roubado quase um milhão em telefones celulares das Lojas Pintos

Edson Marle, John Leno e Maycon Araújo

Edson Marle, John Leno e Maycon AraújoFoto: Divulgação/Polícia Civil

O Grupo de Repressão ao Crime Organizado (GRECO), em parceria com a Delegacia de Polícia Civil de União,  prendeu três suspeitos de envolvimento no roubo do depósito das Lojas Pintos, que ocorreu no ano passado e foram levados centenas de celulares, causando prejuízo em quase um milhão e também a um atelier de jóias onde roubaram R$ 500 mil em jóias.

Os presos foram identificados como Edson Marle Bacelar da Silva,  Maycon Araújo de Moura, vulgo Maycon Sapão e John Leno Bacelar de Carvalho. Com essas prisões, o GRECO avançou em dois procedimentos instaurados.

De acordo com o GRECO, com essas prisões a polícia também avança nas investigações sobre o roubo de jóias de um atelier no ano de 2018. Mais informações foram repassadas à imprensa nesta terça-feira (9), na sede do GRECO.

O delegado do Greco, Tales Gomes explicou que os crimes foram milionários. “Conseguimos avançar em duas investigações em curso no Greco, uma relativa a uma loja de departamento, onde subtraíram R$ 800 mil reais em celulares e outra de um atelier de jóias onde roubaram R$ 500 mil em jóias“, informou .

O delegado informou ainda que uma autuação de Maycon e o John Lenon, antes da operação, reforçou a constatação de proximidade entre os dois. “O John Lenon e o Maycon é o terceiro procedimento que eles respondem conjuntamente, mostrando uma estabilidade de ações deles nesse grupo criminoso que estamos tentado desarticular”, destaca Tales.

Dois dos presos têm relação de parentesco. “O Edson Marle é primo de John Lenon e é natural de União. Começou no crime este e ano e já tem quatro procedimentos instalados em Teresina, e cerca de dois na cidade de União”.

Ainda de acordo com o delegado do Greco, as prisões darão margem para a extensão da operação. Novas prisões deveram ser feitas. “As investigações continuam e nós contamos também com a população que tenha mais informações a cerca dessas duas ocorrências”, convocou Tales

Informações sobre os suspeitos no crime que aparecem nos vídeos das câmeras de segurança podem ser enviadas para o telefone (86) 9 9978-0749.

 

Com informações dos portais Piauí Hoje e cidadeverde.com

1 comentário

Valdenice Camelo Deolindo
Comentou em 01/08/19

Notícias do dinheiro dos servidores de Timon?

Deixe um comentário

Você pode ler também!

Barro Forte
WhatsApp chat