Polícia espera novidades sobre o assassinato do contador Carlinhos ocorrido no povoado 89; família cobra justiça

A Delegacia de Homicídios de Timon segue com as investigações sobre o assassinato do contador Antônio Carlos Gomes de Abreu, 49 anos, conhecido popularmente como Carlinhos. Ele foi morto na madrugada do dia 10 de novembro do ano passado no povoado 89, zona rural de Timon quando estava na companhia de amigos jogando baralho numa casa.

Um elemento encapuzado chegou armado e atirou contra a vítima que não teve poder de reação por ter sido surpreendido.

Em grupos de whatsapp alguns parentes do contador tem feito cobranças a polícia e reivindicado justiça para o caso (como mostra a foto acima).

O eliaslacerda.com conversou com o delegado de homicídios, Antonio Valente. Ele informou que o crime embora tenha sido feito de forma a não deixar pistas,  a polícia civil continua com o trabalho de investigações e tem somado elementos para desvendar a morte do contador.

Antonio Valente acrescentou que não pode falar muito sobre o caso para não atrapalhar o trabalho investigativo, mas agora em agosto próximo deverá está recebendo novos elementos sobre o crime que podem somar muito no inquérito policial que segue aberto em busca de identificar o autor do assassinato ou seu mandante .

Deixe um comentário

Você pode ler também!

Barro Forte