Logo Elias Lacerda
                           Clínica São Rafael

Vereador permanece detido e aliado diz que prisão é arbitrária

O vereador do Partido Solidariedade, Raimundo da Ração (foto), continua detido na Central de Flagrantes de Timon. De acordo com a polícia, o parlamentar furou uma barreira policial no final da tarde deste sábado e acabou sendo dominado e levado para a Central de Flagrantes.

O eliaslacerda.com conversou agora há pouco com um cabo eleitoral do vereador que pediu para não ter seu nome revelado. Ele contou que a prisão de Raimundo da Ração é arbitrária, pois o delegado estaria desobedecendo a Lei Municipal que determina que um vereador só pode ser mantido preso se cometer crime inafiançável em flagrante delito, o que não foi o caso do parlamentar.

Ainda de acordo com a pessoa que é muito próxima do vereador, em todos os possíveis atos ilícitos que está sendo acusado o vereador como porte ilegal de arma (mas não foi encontrado arma, apenas uma munição de 380), desacato e embriaguez , nenhum deles é inafiançável.

O advogado e ex-vereador  Jaconias Morais faz a defesa do vereador que durante esta noite já recebeu a visita e solidariedade de diversos outros companheiros de câmara, como próprio presidente da casa,  Uilma Resende, vereador José Carlos Assunção, Celso Tacoani, Ivan do Saborear, Anderson Pêgo e Ramon Júnior.

De acordo com relatos da fonte do eliaslacerda.com, Raimundo da Ração foi submetido a exame de corpo delito para saber se foram cometidos excessos pelos policiais militares da na hora da prisão dele.

A luta do advogado Jaconias Morais é para ver se consegue soltar o vereador ainda nesta noite. De acordo com nossa fonte ligada a Raimundo da Ração, caso Jaconias não consiga libertá-lo logo mais, o advogado exige que o vereador fique numa cela especial, como determina as prerrogativas do cargo que ele ocupa.

Deixe um comentário

Você pode ler também!

Não desperdice seu tempo e garanta sua hospedagem Dgi Cloud hoje!
Clínica São Rafael
Ateliê dos Doces