Logo Elias Lacerda
                           Clínica São Rafael

Homicídios em Timon devem bater recorde neste ano de 2016

Os investimentos feitos pelo governo Flávio Dino em Timon na aquisição de viaturas e a contratação de novos policiais para reforçar a segurança pública local não resultaram na diminuição de homicídios na cidade. Este ano de 2016 o município deve bater recorde no número de assassinatos.

Na verdade, o crescente número de assassinatos em Timon vem desde governos como José Reinaldo, Jackson Lago, Roseana Sarney e agora permanece em ascensão na administração Flávio Dino.

Em 2009 foram 23 homicídios, 2010 subiu para 26 e 2011 fechou o ano com 38 assassinatos.

Mas o pior mesmo está acontecendo agora em 2016, pois até novembro último foram 73 homicídios contra 57 ocorridos no ano passado. E olha que dezembro nem findou ainda.

Estão ajudando a engrossar os números deste ano os casos cada vez mais comuns de reações da população a assaltos e o linchamento de bandidos. Neste ano foram pelo menos quatro casos de bandidos que foram mortos em tentativas de assalto.

O primeiro fato de reação da população que resultou na morte de ladrões aconteceu em outubro último, quando populares até agora não identificados, pegaram dois ladrões na região do povoado Piranhas, os mataram e jogaram amarrados dentro do rio Parnaíba(veja na foto acima).

Um mês depois, dois homens foram mortos após praticarem um assalto na Rua 2 do bairro Parque Alvorada, em Timon. Ronielson de Sousa Lima, 27 anos, e Pedro Ferreira Marques Júnior, 24, assaltaram um stand de vendas de uma construtora e o segurança do local reagiu alvejando a dupla com tiros(veja um dos mortos abaixo). 

Deixe um comentário

Você pode ler também!

Não desperdice seu tempo e garanta sua hospedagem Dgi Cloud hoje!
Clínica São Rafael
Ateliê dos Doces