Logo Elias Lacerda
                           Clínica São Rafael

Timon já disponibiliza vacina contra HPV para meninos

A partir deste mês, meninos com idade entre 12 e 13 anos do município de Timon já podem ser vacinados contra o HPV (papilomavírus humano). A vacina é gratuita e pode ser tomada em qualquer unidade de saúde do município.

Desde 2014, a vacinação contra o HPV está disponível para o público feminino entre 09 e 14 anos. Com a ampliação da campanha para os meninos, haverá a redução da circulação viral e também a prevenção do câncer de pênis, garganta e ânus.

De acordo com Itelmária Escócio, coordenadora de Epidemiologia de Timon, a vacina é quadrivalente. “A imunização nos meninos será administrada em duas doses que devem ser tomadas no intervalo de seis meses. Ela vai proteger contra os tipos de HPV 6, 11, 16 e 18. Dois deles (6 e 11), estão relacionados com o aparecimento de 90% das verrugas genitais. Os outros dois (16 e 18) estão relacionados com 70% dos casos de câncer do colo do útero”, explicou a enfermeira.

Inclusão

O Ministério da Saúde adquiriu seis milhões de doses para vacinar 3,6 milhões de meninos em 2017. Economia gerada pela gestão permitiu a inclusão desse público no Brasil, que é o sétimo país a incluir meninos.

A inclusão dos meninos na vacinação contra HPV segue a recomendação de sociedades médicas brasileiras como a Sociedade Brasileira de Imunizações (SBIm) e a Sociedade Brasileira de Pediatria. Estes órgãos prevêem a ampliação da faixa etária dos meninos gradualmente até 2020, quando a vacina estará disponível para garotos de 09 a 13 anos.

Em outros países, a vacinação contra HPV neste grupo já é administrada. Entre eles estão Estados Unidos, Austrália, Áustria, Israel, Porto Rico e Panamá.

Outra mudança é que, a partir deste, meninas que chegaram aos 14 anos sem a vacina também poderão se vacinar. A vacinação também será estendida a homens que vivem com HIV entre 9 e 26 anos. Antes, só as mulheres com HIV desta faixa etária podiam se vacinar gratuitamente. No caso desse público, o esquema vacinal é de três doses.

O Vírus

O HPV é um vírus altamente contagioso e a transmissão acontece principalmente pelo contato sexual, levando a causar câncer do colo do útero e verrugas genitais. A vacina, distribuída no Sistema Único de Saúde (SUS), confere 98% de eficácia no primeiro ano após a última dose.

Dados

O Instituto Nacional de Câncer (Inca) aponta este tipo de câncer como o terceiro mais incidente na população feminina no Brasil. Para o ano de 2016 são estimados 16.340 novos casos.

(Da assessoria)

Deixe seu comentário

Seu e-mail não será publicado.

*
*

Você pode ler também!

Não desperdice seu tempo e garanta sua hospedagem Dgi Cloud hoje!
Clínica São Rafael