Logo Elias Lacerda
                           Clínica São Rafael

Assista: Médico em Teresina derruba portão da casa da ex e caso vai parar na delegacia

A reportagem teve acesso ao boletim de ocorrência; Igor Brito Corrêa disputa na Justiça a guarda do filho que tem com Drielly Salmento

Há 14 dias, o médico Igor Brito Corrêa se envolveu em uma polêmica ao derrubar o portão da casa da mãe de seu filho, Drielly Brandão Salmento.

Segundo relatos do médico registrados em um boletim de ocorrências que a reportagem teve acesso, ele estava manobrando o veículo quando perdeu o controle.

Já o irmão de Drielly Salmento, Hewerton Salmento, afirmou que o médico jogou o carro de propósito no portão com o intuito de ameaçar sua irmã.

O médico Igor Brito Corrêa estaria numa disputa na Justiça há cerca de um ano e seis meses pela guarda do filho que tem com Drielly Salmento.

Nesse período, o médico alegou ter visto o filho uma única vez. No dia do ocorrido, 14 de maio de 2020, ele foi impedido de ver o filho enquanto estava na porta da residência de Drielly, onde foi, ainda de acordo com o médico, ameaçado de morte pela mãe de seu filho e Hewerton Salmento.

“Psicologicamente abalado, fui fazer um retorno no meu carro e sem querer bati no portão da casa dela. O irmão da Drielly, Hewerton Heloi sacou um revolver e disparou vários tiros contra mim (cerca de 5 tiros de arma de fogo). Tentou me matar e colocou em risco a vida do meu filho”, declarou o médico no boletim de ocorrências registrado no 12º Distrito Policial. 

ASSISTA AO VÍDEO ABAIXO:

Dois dias após o ocorrido, o médico Igor Corrêa registrou um boletim de ocorrências por ameaça e disparo de arma de fogo. Nele, o médico relata sua versão dos fatos e diz que busca regularizar na Justiça o horário de visita a seu filho. “A pensão que a Justiça determinou vem sendo paga e está em dias”, completou o médico no boletim de ocorrências.

O QUE DIZ HEWERTON SALMENTO

A versão descrita pelo médico Igor Corrêa, no entanto, foi rechaçada pelo irmão de Drielly Salmento em declaração prestada ao delegado Ademar Canabrava, titular da Delegacia do 12º Distrito Policial. Ao delegado, Hewerton classificou a atitude do médico como uma tentativa de ameaçar a irmã.

Ao delegado, Hewerton negou que tenha arma de fogo e que tenha efetuado disparos contra o médico. No depoimento que prestou ao delegado Canabrava, o irmão de Drielly afirmou que Igor Corrêa, após derrubar o portão de sua residência, desceu do veículo com um facão e danificou o automóvel de Drielly, um HB20.

Então, Hewerton Salmento alegou que passou a jogar pedra, copos e o que achava nas proximidades a fim de expulsar o Igor Corrêa daquele local. O irmão de Drielly chamou a polícia, mas afirmou que o médico foi embora antes que a viatura chegasse à sua residência.

Hewerton Salmento relatou ainda que tinha conhecimento da relação conturbada entre Igor e a irmã, conforme prints que foram mostrados na Delegacia da Mulher.

Após o ocorrido, Drielly Salmento pediu uma medida restritiva na Delegacia de Gênero contra o médico Igor Corrêa.

Do site oitomeia.com.br

Deixe seu comentário

Seu e-mail não será publicado.

*
*

Você pode ler também!

Não desperdice seu tempo e garanta sua hospedagem Dgi Cloud hoje!
Clínica São Rafael