Ceará: Justiça proíbe velório em caso de mortos por coronavírus

A decisão judicial aponta ainda que óbitos por demais causas devem ser velados por até uma hora e por, no máximo, dez pessoas

Velórios de eventuais vítimas de coronavírus no Ceará estão proibidos de acontecer, conforme determinação da Justiça emitida nesta sexta-feira (20). A determinação da juíza Sonia Meire de Abreu Tranca Calixto ordena que os corpos sejam enterrados tão logo sejam liberados pelas unidades hospitalares.

Deixe um comentário

Você pode ler também!

Barro Forte