Logo Elias Lacerda
                           Clínica São Rafael

Mais uma maldade do presidente da Câmara de Timon; Agora ele demitiu , só dos vereadores adversários, 16 assessores

O presidente da Câmara Municipal de Timon, vereador Hélber Guimarães não parece nem um pouco preocupado com as consequências jurídicas de seus atos a frente da presidência da casa. Ontem, 22, o chefe do legislativo timonense protagonizou mais um atropelo ao tratamento igual que deve ter todo presidente na lida com os vereadores.

Em ato surpreendente, Hélber Guimarães  simplesmente demitiu todos os assessores dos vereadores que não lhe apoiaram na última eleição para presidência da Câmara . Sem titubear, mandou nada menos que 16 servidores assessores pra rua.

O presidente demitiu tão somente os assessores dos vereadores que lhe fazem oposição e preservou os dos aliados seus na casa, os do grupo do G11. As gordas verbas indenizatórias pagas aos vereadores aliados e agora essas demissões dos assessores de adversários sepultam as desculpas de Helber de que está cortando gastos por falta de recursos. Na verdade, ele mais uma vez,  atropela o princípio da isonomia, da exigência do tratamento igual aos companheiros da casa,  expondo cristalina perseguição aos vereadores adversários.

A atitude do presidente é mais um caso que deve parar na justiça, instrumento que os vereadores tem usado contra as perseguições que ele tem feito no legislativo. Na semana passada, o juiz dos Feitos da Fazenda Pública de Timon, Weliton Sousa Carvalho, determinou que Hélber pague a Verba Indenizatória dos vereadores que não integram o grupo do G11, pois o presidente tem relutado em não pagá-los. Enquanto não paga aos adversários, os bolsos dos aliados são irrigados com valores generosos. Tem vereador do G11 que recebeu num só mês mais de 25 mil reais em mais um flagrante de que não tem faltado dinheiro na casa, especialmente para os aliados…

No meio dos que conhecem os rigores do Tribunal de Contas do Estado com as prestações de contas das Câmara Municipais e demais órgãos públicos, é opinião recorrente que Hélber Guimarães não terá como aprovar  naquele tribunal seus gastos. “Eu não sei quem está orientando ele a fazer tantos absurdos, mas o fato é que vai pagar caro. Eu não acredito que o tribunal aprove as contas dele e tenho certeza que a carreira política dele será encerrada prematuramente. É só uma questão de tempo para começar a colher os dissabores desses absurdos que tem feito”, disse um dos vereadores que tem sido prejudicado pela gestão Hélber , mas que prefere não ter o nome revelado por questões de convivência diária com o presidente na casa.

1 comentário

DENIS SERVIO
Comentou em 23/07/19

Esse cara tá doido!

Deixe seu comentário

Seu e-mail não será publicado.

*
*

Você pode ler também!

Não desperdice seu tempo e garanta sua hospedagem Dgi Cloud hoje!
Clínica São Rafael