Nomeado presidente do PDT do Piauí, Chico Leitoa fala sobre a situação do partido no estado

O ex-prefeito de Timon, Chico Leitoa, afirmou nesta segunda-feira (20) que o PDT está sem representatividade em 188 municípios do Piauí. O líder político maranhense está comandando a executiva provisória do partido no Piauí em virtude da indefinição quanto a permanência do deputado federal Flávio Nogueira, por conta de seu posicionamento ao votar a reforma da Previdência.

“O partido, lamentavelmente eu tenho que dizer isso, tinha 13 diretórios e 17 comissões provisórias, ou seja, 188 municípios do Piauí não têm nenhuma representação. Isso dá muito trabalho, o Piauí é grande, mas nós já descentralizamos e vamos amanhã submeter várias comissões provisórias”, afirmou em entrevista à TV Cidade Verde.

Leitoa ressaltou que liderar um partido requer sacrifícios para que a legenda cresça.

“Fazer partido é sacrifício. Você não pode querer ser só do partido, prolatar ideologias, dizer isso e aquilo, se você não faz nenhum sacrifício. E, claro, tem que ter uma liderança. Não é a primeira vez que faço esse trabalho aqui, só que informalmente já atuei. Não sou um estranho. Sou um partidário”, destacou.

Na quinta-feira, o partido se reúne para traçar novas metas para 2020 diante da situação em que se encontra. “Na hora que a gente perceber que o PDT encontrou um caminho, aí o Chico Leitoa cumpriu com a sua missão”, finalizou.

 

Do cidadeverde.com

Deixe um comentário

Você pode ler também!

Não desperdice seu tempo e garanta sua hospedagem Dgi Cloud hoje!
TekyNik