UPA esclarece sobre erro na troca de corpo para velório: “A UPA não recolhe corpos para velório e não é nossa responsabilidade”

A Unidade de Pronto Atendimento de Timon foi surpreendida nesta terça-feira (9) com o uso nas redes sociais de um vídeo acusando a unidade como responsável por um fato que não não é de sua responsabilidade.

O fato aconteceu após o falecimento de duas pacientes ocorridos no dia de ontem (8) na Sala Vermelha da UPA.

De acordo com Ana Patrícia, diretora da Unidade de Pronto Atendimento de Timon (UPA), após as duas mortes, os corpos com suas identificações foram acondicionados na Unidade a espera dos parentes acionarem a funerária que assim procederam.

Com a devida autorização da família, a funerária recolheu o corpo, mas como fez o procedimento sem a presença de um familiar que pudesse fazer o reconhecimento do mesmo e acabou levando para o velório o corpo errado.”O recolhimento do corpo com reconhecimento é responsabilidade da funerária com familiares. Hospital nenhum recolhe corpo para funeral”, destaca Ana Patrícia.

O erro só foi percebido depois que chegou a UPA o parente da segunda mulher que havia sido morta na Unidade. Quando a parente foi fazer o reconhecimento descobriu que a mulher morta não era a que a família estava ali para  buscar para o funeral.

Comunicada do erro, a funerária foi buscar o corpo que seguia num velório no bairro Mangueira há cerca de 30 minutos e o substituiu .

“Esse processo todo de recolhimento de corpos para levar ao velório é com as funerárias e as famílias. Estamos com tudo pronto aqui como provar de que fizemos a nossa parte. A UPA em nada tem haver com esse fato, esclareceu ao eliaslacerda.com a diretora Ana Patrícia.

Na manhã desta terça-feira (9) a diretoria da UPA de Timon publicou nota esclarecendo a situação. Veja abaixo:

 

 

Deixe um comentário

Você pode ler também!

Barro Forte
WhatsApp chat