Logo Elias Lacerda
                           Clínica São Rafael

Vice-presidente do IPMT de Timon diz que vai processar vereador

Aroldo Costa à esquerda acima e Anderson Pego à direita: acusações vão para a justiça.

Não foi somente o funcionário público da prefeitura de Timon, Danilo Assunção, que se sentiu ofendido na Câmara Municipal da cidade no último dia 9 registrando um Boletim de Ocorrência contra o vereador Anderson Pego, do PRB. No mesmo dia o vice-presidente do Instituto de Previdência do Município (IPMT), Aroldo Costa, diz que o parlamentar usou a tribuna da casa para lhe caluniar e difamar com acusações.

Em conversa na manhã desta segunda-feira com o titular do eliaslacerda.com, Aroldo Costa, explicou que registrou um Boletim de Ocorrência na delegacia do 1º DP e vai processar o vereador cível e criminalmente pelas calúnias.

Ele contou que ao usar a tribuna o vereador o chamou de “funcionário fantasma”, “lagarta”, que só estava na folha de pagamento e que naquele momento deveria estar trabalhando e não assistindo a sessão. “Disse mais: ele afirmou que eu estava ali para constranger vereador e que eu fazia parte da gangue do prefeito”, disse Aroldo Costa completando que foi uma situação de alto constrangimento para sua pessoa em meio a todos que se encontravam assistindo a sessão.

O vice-presidente do IPMT contou que estava na câmara para tratar da eleição para o conselho previdenciário da cidade.

Na manhã desta segunda, além do Boletim de Ocorrência, Aroldo protocolou um pedido da gravação com o pronunciamento do vereador. A gravação será usada nos processos que o funcionário público pretende mover contra o parlamentar municipal.

A posição de Anderson Pego

O eliaslacerda.com falou por telefone com o vereador Anderson Pego sobre as acusações de Aroldo Costa. Disse que esta tranquilo e vai aguardar a apuração dos fatos pelas autoridades competentes e que após provar sua inocência irá tomar as providências legais contra o funcionário público municipal.

Salientou que vai acontecer o mesmo que ocorreu com o vereador Ramon Júnior, onde o parlamentar recebeu acusações de funcionários do Departamento Municipal de Iluminação Pública, provou sua inocência e agora está processando os que lhe acusaram.

3 cometários

Miguel
Comentou em 14/08/17

Vereadores, vamos trabalhar pelo povo. Deixem de picuinhas. O povo clama por ações do Poder público…

José Ribamar Araújo
Comentou em 15/08/17

O que de fato está acontecendo naquela casa, é uma verdadeira batalha entre o lider do governo e o vereador de oposição Anderson Pêgo, pois os defensores governista não aceitam nem de longe, as investigações e as denúncias que o vereador vem fazendo, e que está incomodando a bancada governista, com isso, os vereadores da base passam o tempo que eles tem de uso no grande expediente para o lider do governo para que ele tenha tempo suficiente para contra-atacar o opisicionista Anderson Pêgo, que tá desestruturando a base governista e provocando um verdaeiro estrago. Eu estou acompanhando para saber como irá terminar esta disputa.

Denis Servio
Comentou em 15/08/17

Acho q tão dando muito “ibop” pra esse rapaz! Precisamos destacar os vereadores q lutam por causas nobres.

Deixe seu comentário

Seu e-mail não será publicado.

*
*

Você pode ler também!

Não desperdice seu tempo e garanta sua hospedagem Dgi Cloud hoje!
Clínica São Rafael