Médica ensina como fazer compras no mercado evitando a contaminação pelo novo coronavírus


Associação Gaúcha dos Supermercados reforçou a limpeza de carrinhos, cestos e balcões — Foto: Reprodução/EPTV

O decreto de situação de calamidade pública, válido desde quinta-feira (19), restringe a circulação de pessoas no Rio Grande do Sul para frear o avanço da Covid-19. O estado tem 86 casos confirmados de coronavírus. Supermercados seguem sendo os locais mais procurados nos últimos dias e, por consequência, de maior aglomeração de pessoas.

Para evitar a contaminação pelo vírus e aumentar a segurança durante as compras, o G1 conversou com a infectologista Caroline Deutschensorf, integrante da Comissão de Controle de Infecções do Hospital de Clínicas de Porto Alegre. A médica deu dicas de higienização pessoal e dos produtos.

Cuidados

  • Durante as compras, evite o contato das mãos com os olhos, nariz e boca.
  • Evite aglomerações e tente manter um distanciamento social de 1,5m das outras pessoas.
  • Pague as compras com cartão. O dinheiro costuma ser mais manipulado.
  • Pessoas sem sintomas não precisam usar máscara, pois não há evidência de proteção nesses casos.
  • Ao chegar em casa, higienize imediatamente as mãos com água e sabão: essa é a forma mais eficaz de eliminação do vírus.
  • Use o álcool em gel como um complemento.

A Associação Gaúcha dos Supermercados (Agas) reforçou a limpeza de carrinhos, cestos e balcões para ajudar na prevenção do contágio do novo coronavírus. A Agas enviou uma cartilha aos associados com práticas que podem contribuir para a segurança sanitária dos estabelecimentos.

De acordo com a infectologista Caroline Deutschensorf, não há necessidade em higienizar o carrinho ou cestinho de compras, mas as mãos devem sempre ser higienizadas.

“No mercado, todas as superfícies são muito tocadas. A principal medida que deve ser tomada para prevenção da infecção pelo coronavírus, é a higiene das mãos, tanto com água e sabonete, quanto com álcool em gel e da maneira mais completa possível, cobrindo todas as superfícies das mãos – palmas, dorso, dedos, pontas dos dedos e unhas e punhos”, explica Caroline.

Entre as recomendações da Agas está o pedido por priorização dos frios embalados de fábrica. Dessa forma, de acordo com a associação, se evita a aglomeração de pessoas nas filas, além da manipulação das peças pelos funcionários do supermercado.

As degustações também foram suspensas e alguns produtos e seções foram reorganizados. A associação garante que não haverá desabastecimento, por isso, não há necessidade de estocar mantimentos em casa.

Limpeza de produtos do supermercado é importante para evitar disseminação do vírus

Limpeza de produtos do supermercado é importante para evitar disseminação do vírus

Higienização dos produtos

A higienização dos produtos antes de guardá-los também pode ser um aliado na luta contra a proliferação do coronavírus.

É importante lavar frutas e hortaliças separadamente para evitar a chamada contaminação cruzada.

  • Alimentos que possuam casca precisam ser limpos com escovinha ou bucha, específicas para esse uso, para que a sujeira superficial seja retirada por completo. Depois, basta enxaguar em água corrente.
  • Verduras folhosas devem ser deixadas de molho por 15 minutos em uma solução clorada, feita com uma colher de sopa de água sanitária para cada litro de água.
  • As verduras e os legumes orgânicos também precisam ser lavados.
  • Para higienizar os ingredientes antes de guardá-los na geladeira, basta retirar o excesso de água para que não estraguem rapidamente.
  • No caso das folhas, seque em centrífugas apropriadas. Para frutas e legumes, utilize papel.

Do G1 RS

Deixe um comentário

Você pode ler também!

Não desperdice seu tempo e garanta sua hospedagem Dgi Cloud hoje!
TekyNik